Publicidade
Entretenimento
Vida

Presença internacional confirmada na Bienal do Livro do Amazonas

Escritor valter hugo mãe é o primeiro nome estrangeiro de peso confirmado 17/04/2012 às 17:05
Show 1
Um dos trabalhos de valter hugo mãe é “o filho de mil homens”
Rafael Seixas ---

O público de Manaus poderá fazer uma viagem nos romances, contos, fábulas, entre outros gêneros literários. E o passaporte para tudo isso será a 1° Bienal do Livro Amazonas, que será realizada de 27 de abril a 6 de maio no Studio 5, contando com vários convidados especiais. E o primeiro grande nome do cenário internacional confirmado para participar é o do escritor valter hugo mãe – com letras minúsculas mesmo, como o próprio assina.

 Em Manaus, o autor angolano, vencedor do Prêmio Literário José Saramago em 2007, irá participar de um diálogo aberto com o público, trazendo relatos, experiências e opiniões que o elevaram à principal expoente da literatura portuguesa na última década. No ano passado, Hugo esteve no Brasil e conquistou a plateia com sua apresentação na Festa Literária de Paraty – no Rio de Janeiro. Além de escritor, ele ainda encontra tempo para atuar como artista plástico, DJ e vocalista da banda de rock Governo.

Curadoria

E Rogério Pereira, um dos curadores da programação cultural da Bienal, responsável pelo Tacacá Literário, conversou com a reportagem de A CRÍTICA sobre a importância do evento para o Estado e adiantou o que irá propor no Tacacá. “É importante que o Amazonas tenha um evento como esse, porque o Estado conta com importantes nomes no cenário nacional. Por isso é essencial que entre nesse circuito. A Bienal serve para fortalecer qualquer ação voltada à literatura”, diz Rogério Pereira.

Segundo o diretor da Biblioteca Pública do Paraná e coordenador do Sistema Estadual de Bibliotecas Municipais e o Plano Estadual do Livro, Leitura e Literatura, o Tacacá contará com aproximadamente 20 sessões, cada uma reunirá dois escritores e um mediador. “Todos os mediadores serão da vida cultural de Manaus. A sessão deve demorar uma hora e meia. Participarão cerca de 40 escritores dessas discussões, que sempre irão girar em torno da literatura, dos livros e da importância que a literatura tem nas nossas vidas. Serão debatidos temas contemporâneos sobre autores, literatura indígena e mais”, adianta Rogério Pereira. Ele informa ainda que será uma grande oportunidade para que os leitores do Amazonas troquem experiências relevantes sobre livros e leituras com os principais escritores brasileiros. “Será uma experiência das mais enriquecedoras para a cultura brasileira, pois os autores de outros Estados têm também muito a ganhar neste verdadeiro intercâmbio cultural com o Amazonas”.

Desenvolvimento

A iniciativa integra o programa “Mania de Ler” do Governo do Estado do Amazonas, com patrocínio da Secretaria de Estado de Cultura do Amazonas (SEC), apoio cultural da Secretaria de Estado de Educação do Amazonas (Seduc), apoio institucional do Sindicato Nacional dos Editores de Livros (SNEL) e realização da Fagga | GL exhibitions. Agora é só aguardar que mais novidades estão por vir!