Publicidade
Entretenimento
Lei beneficia cineastas independentes

Produtores independentes saem ganhando com Lei da TV paga

Ação permite que produtores de audiovisual veiculem seus projetos em canais pagos 02/10/2012 às 09:27
Show 1
Glauber Piva, diretor-presidente da Ancine, no encontro que ocorreu em São Paulo
Gabriel Machado Manaus

Apesar de estar em discussão desde 1997, apenas agora os cineastas independentes de todo o Brasil poderão usufruir da Lei 12.485, conhecida como a Lei da TV Paga. A ação permitirá que os produtores de audiovisual tenham suas produções inseridas na grade de programação de inúmeros canais pagos.

Para ser colocada em prática, serão investidos cerca de R$ 30 milhões, a serem divididos entre as cinco regiões do País. A Região Norte – ao lado do Nordeste e Centro-Oeste – receberá 30% deste valor para trabalhar com os seus filmes.

 “Considero um marco histórico, pois, a partir daí, os realizadores independentes terão condições de inserir seus trabalhos nas grades desses canais, preenchidas, em sua maioria, por conteúdo estrangeiro. Será uma forma de os telespectadores terem uma noção maior de todo o Brasil”, declarou Michelle Moraes, secretária geral da Associação de Cinema e Vídeo do Amazonas (ACVA).

 Segundo ela, a Lei pretende introduzir uma nova cultura no Estado, baseada não apenas na quantidade de suas produções, mas, principalmente, na qualidade. “Queremos democratizar o máximo esse ramo cinematográfico para que, assim, possamos desenvolvê-lo ainda mais no Amazonas”, completou.

 E, para atingir essa meta, a ACVA está recebendo, até o dia 10 deste mês, curtas-metragens – com duração mínima de 4 e máxima de 29 minutos – para fazer um levantamento das produções locais. Os pré-selecionados serão enviados para uma curadoria nacional e poderão ganhar o direito de exibição de um ano no Brasil, emitindo, obrigatoriamente, o Certificado de Produto Brasileiro (CPB). A ACVA fica localizada na Rua José Clemente, 500, 3º andar, sala 314.

Parceria

 Com o objetivo de divulgar a ação, a ACVA realizará, em parceria com a Secretaria de Estado de Cultura (SEC), um seminário com representantes das Agência Nacional do Cinema (Ancine) e Associação Brasileira de Documentaristas (ABD) de toda a Região Norte, na edição do Amazonas Film Festival (AFF) deste ano.