Publicidade
Entretenimento
Vida

Programação cultural nos últimos dias de Bienal do Livro Amazonas

Último final de semana do evento traz mais lançamentos, interação e conversa com autores 04/05/2012 às 08:07
Show 1
Bienal do Livro conta com variedade de títulos e produtos
Mellanie Hasimoto Manaus

A Bienal do Livro do Amazonas já recebeu mais de 100 mil pessoas e continua a receber mais visitantes até o próximo domingo (6), durante a programação cultural desta primeira edição. Além dos diversos de estandes de livros, a Bienal traz, também, conversas com autores, leituras de obras e até diversão para os pequenos. É só escolher o que mais agrada e curtir o mundo dos livros!

Nesta sexta-feira (4), para o público infantil, as apresentações dos contos acontecem a partir das 11h. O espaço super movimentado vai ter “O sapo e a princesinha”, “Juca e a serpente do rio”, “Ananse e o baú de histórias” e “A casa do coelho”.

Já às 19h30, a Literatura Amazonense contemporânea entra em pauta no “Tacacá Literário”. Allison Leão e Vera do Val falam sobre os motivos que levaram a alguns nomes literatura da região a fazer sucesso no País e no mundo.

A programação de sábado começa com lançamentos de livros, a partir das 10h, no estande da Secretaria do Estado de Cultura (SEC). A programação do local vai até às 20h30, com o “Café Literário”, no estande da Livraria Concorde.

Neste dia também acontecem a apresentação de “Gente dos Seringais”, de autoria de Álvaro Maia, no “Livro Encenado”. O ator Leonardo Vieira é quem vai ler um trecho da obra, a partir das 18h.

No “Tacacá Literário”, às 19h30, o tema é “A sedução da crônica”, com Arlindo Porto e Affonso Romano de Sant’Anna. Durante o bate-papo, será discutida, entre outras coisas, a importância das crônicas no periódicos.

Educação, leitura de poesias e debate prometem agitar o espaço “Território Livre”. Às 14h acontece a mesa mediada pela jornalista Ana Célia Ossame que discutirá sobre os pontos negativos e positivos do Enem, com Daniel Iliescu e Carlos Eduardo Gonçalves.

Às 16h, Sérgio Cardoso media a mesa que tem Antonio Calloni e Celdo Braga, que lerão poemas e poesias e vão conversar com o público sobre o estilo. A partir das 18h, tem “Saindo do Armário”, mesa mediada pela jornalista Mazé Mourão e com a presença de Regina Navarro Lins e João Silvério. Ali, os três falam sobre tudo o que permeia a homossexualidade.

Nesta sexta (4) tem lançamento de livros, a partir das 10h. O estande da SEC promete ser um dos mais movimentados, com o lançamento de obras de autores locais, como “A Diabólica Mary Spears”, de Denni Sales, às 20h.