Publicidade
Entretenimento
Vida

Programação didática anima participantes do Festival Grito do Rock 2012

Oficinas iniciaram na segunda (19), mas até  quinta-feira (22) o público poderá conferir as restantes, de graça 20/03/2012 às 08:58
Show 1
Camarones Orquestra Guitarrística é de Natal e os integrantes Anderson Foca e Ana Morena realizam “workshow”
Vanessa Bayma ---

A programação didática do Festival Amazonas de Rock - Grito Rock 2012 iniciou ontem, no Palácio da Justiça, com a oficina de Elaboração de Projetos ministrada pela instrutora Valéria Cordeiro, produtora da Associação dos Produtores de Cultura do Ceará e da Casa Fora do Eixo Nordeste. Até amanhã, os interessados ainda podem assistir algumas oficinas e workshops, todos gratuitos, antes dos dois dias de shows com bandas locais e as grandes atrações nacionais, Krisiun e Nação Zumbi.

Ontem, no Palácio da Justiça, Valéria iniciou a oficina de Elaboração de Projetos, que acontece hoje e amanhã, das 14h às 16h. Foram disponibilizadas 60 vagas. De acordo com a instrutora, a oficina começou identificado os tipos de agentes culturais na capital.

“Depois começo dando uma geral sobre políticas públicas culturais, a comparação de Estados, dando alguns exemplos, e também falo do incentivo e patrocínio”, explicou a instrutora, dando a dica de que a oficina é indicada para agentes culturais que trabalham com qualquer linguagem, tanto no teatro quanto na dança e música.

Valéria é uma das responsáveis por realizar a Feira de Música no Ceará onde, no ano passado, a cantora Elisa Maia esteve presente. Além disso, as próprias questões sobre elaboração de projetos, indicando os itens necessários, serão abordados.

Hoje, a produtora cultural Cláudia Schulz, do Rio Grande do Sul, ministra a oficina de Produção Executiva para Eventos Culturais, no Museu Casa Eduardo Ribeiro, rua José Clemente, Centro, de 18h às 19h.

Carreira

Na quinta, é a vez da Camarones Orquestra Guitarrística, com os instrutores e integrantes da banda Anderson Foca e Ana Moreno, falarem da Gestão de Carreira, seguida de show.

O “workshow” acontece no Teatro da Instalação, de 18h às 20h. Segundo Anderson Foca (teclado e efeitos), a banda não funciona no mesmo esquema de “banda-empresa”, como a Móveis Coloniais de Acajú, que se apresentou e também ministrou palestra, mas gerencia todos os assuntos relacionados ao grupo, desde os shows até CD.

“Fazemos um trabalho com a Associação Cultural do Sol, eu e Ana (Moreno). Gerenciamos datas, shows e vamos mostrar que é viável ter uma banda sem ter necessariamente a exposição midiática”, explicou. A Camarones faz rock instrumental, sem possuir vocalista.