Publicidade
Entretenimento
Projeto Estação Fazendo Artes

Projeto de arte em Manaus propõe inclusão social

Terceira edição do " Estação Fazendo Artes" será neste sábado(18), no Largo São Sebastião 16/08/2012 às 08:15
Show 1
Criançada tem espaço certo na programação
Rafael Seixas Manaus

A Secretaria de Estado de Cultura (SEC), por meio do setor Assessoria de Inclusão da Pessoa com Deficiência, há três meses criou o projeto “Estação Fazendo Artes”, que propõe a interação de crianças com e sem deficiência por meio de atividades artísticas e lúdicas. A ação, apesar de recente, já conta com bons resultados, tanto que terá outras edições.

A terceira delas, sob a temática do Dia dos Pais e do Folclore, acontece nesse sábado, dia 18, a partir das 17h, no Largo de São Sebastião e no Teatro Amazonas, as crianças irão contar com oficinas de porta-canetas, apresentações de teatro, jogos recreativos, entre outros. A programação cultural vai até as 18h30, com a encenação do espetáculo “Nada impede de ser feliz”, do Grupo de Teatro Sacy Itinerante, no Teatro Amazonas.

Ação

 “Fazemos uma série de atividades envolvendo teatro, dança, música, cinema, jogos, oficinas, entre outros. Todas são temáticas, contando mensalmente com um tema”, explica Layla Lopes, coordenadora do “Estação Fazendo Artes”. “Por exemplo, dessa vez, vamos ensinar às crianças como fazer um porta-retrato com palitos de picolé. Tem uma etapa do projeto que acontece no Largo e outra no Teatro Amazonas”, complementou.

Ainda de acordo com Layla, a iniciativa está ficando bastante produtiva, por causa do cumprimento do objetivo principal: promover a integração entre crianças com e sem deficiência. “Por meio do nosso setor, confeccionamos um jogo de memória tátil que a criança com deficiência visual pode brincar”, contou a coordenadora, informando uma das ferramentas utilizadas para fazer essa inclusão social.

 O “Estação Fazendo Artes” está programado para acontecer até dezembro. “O secretário de Cultura, Robério Braga, solicitou que ele seja itinerante, acontecendo em outros espaços culturais da cidade, mas ainda estamos fazendo estudos. Queremos primeiramente mostrar que existe um projeto com essa proposta”.

Teatro

Uma das atrações de destaque deste mês será a apresentação da peça “Nada impede de ser feliz”, do Grupo de Teatro Sacy Itinerante, que é formado por crianças e jovens com deficiência física, visual e intelectual. A produção não tem um roteiro definido e conta a história pessoal de cada um dos integrantes. A companhia faz parte da Associação de Apoio às Pessoas Portadoras de Necessidades Especiais (APPNE).

Para Silenice Martins Menezes, assistente social da APPNE, a iniciativa da SEC é de suma importância, pois abre espaço para o público conhecer a vida desses deficientes. “Vamos tentar passar para a sociedade a importância do respeito, que o mundo deve ser transformado para que, no futuro, uma pessoa com deficiência não seja vista como coitadinha, mas sim com uma pessoa normal, que trabalha e que contribui com a sociedade”. Este ano, o “Estação Fazendo Artes” acontece somente no Largo de São Sebastião.

Programação

 Dia 18, das 17h às 18h15, no Largo Núcleo 1: “Fazendo cena” – Teatro de adereços

 Com o grupo Alecrim Nativo. Faixa etária: 3 a 12 anos

Núcleo 2: Literatura, jogos e brincadeiras

 Com boliche, legos, anelzinho, colorir, tapete mágico, dama, jogo da velha, forca, pula corda, livros infantis, peteca, entre outros. As atividades serão feitas pelo grupo Alecrim Nativo. Faixa etária: 3 a 16 anos

 Núcleo 3: Oficinas

Projeto “Ludoteca itinerante” e Alecrim Nativo, com oficinas de pintura facial, de porta-canetas (reutilizáveis e recicláveis) e peteca com jornal

 Núcleo 4: Cinema/Vídeo

 Assessoria de Inclusão da Pessoa com Deficiência e Casa do Cinema (ambas da SEC) exibem vídeos

 Teatro Amazonas: Espetáculo Horário:

18h30 Encenação da peça “Nada impede de ser feliz”, do Grupo de Teatro Sacy Itinerante. Entrada franca