Publicidade
Entretenimento
Projeto brincadeiras

Projeto “ Estação fazendo Artes” neste sábado

Projeto realiza diversas brincadeiras lúdicas para crianças e jovens e também proporciona a integração entre pessoas com e sem deficiências 14/07/2012 às 16:30
Show 1
Projeto é realizado pelo Governo do Amazonas
acritica.com Manaus

O projeto “Estação Fazendo Artes” promovido pelo Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Cultura realiza sua segunda ação e homenageia o dia dos avós (comemorado em 26 de Julho) e os super-heróis das histórias em quadrinhos, nesse sábado (14), a partir das 17h, no Centro Cultural Largo de São Sebastião e Teatro Amazonas. Entrada Franca.

Na oportunidade, serão realizadas atividades lúdicas para crianças e jovens envolvendo literatura, contação de histórias, teatro de adereços, jogos, cantigas, brincadeiras, oficinas e cinema, a fim de que se possa promover a integração entre pessoas com e sem deficiências. As crianças poderão participar ainda de oficinas de pintura facial e receberão auxilio na confecção de fantasias de super-heróis com materiais reutilizáveis e petecas com jornais.

O projeto foi idealizado para que estas atividades aconteçam uma vez por mês. “A ação segue a política estadual de atenção à pessoa com deficiência, fortalecida no governo Omar Aziz, através do programa Amazonas Social e visa proporcionar às pessoas com necessidades especiais acesso à cultura de forma democratizada sendo dividido em várias etapas que irão fortalecer esse compromisso a cada iniciativa”, ressaltou o Secretário de Cultura, Robério Braga.

A programação será divida em dois momentos: um no Largo, outro no Teatro. Das 17h às 18h30, o espaço externo será conduzido pelo Grupo Alecrim Nativo para as atividades ao ar livre. A partir das 18h30, o público será convidado ao Teatro Amazonas para a apresentação do Grupo de Teatro Metamorfose, com “A Sopa de Pedras” e o “O Anel do Rei. “Em junho, fizemos uma homenagem ao Dia do Orgulho Autista e às Festividades Juninas. As crianças adoraram: brincaram, cantaram e ainda aprenderam a fazer corda com jornal para pular”, destacou a Pedagoga, Fabiana Lima, integrante do projeto.