Publicidade
Entretenimento
Leitura estímulo

Projeto incentiva doações de livros e leitura no Amazonas

A Secretaria de Estado de Cultura (SEC) informa que o Departamento de Literatura já recebeu mais de mil livros 26/05/2012 às 09:12
Show 1
Programa Mania de Ler possui 50 projetos desenvolvidos para incentivar a leitura
Mellanie Hasimoto Manaus

Levar cultura e incentivar a leitura é um dos objetivos do “Banco de Livros”, um dos 50 projetos que a Secretaria de Estado de Cultura (SEC) desenvolve por meio do programa Mania de Ler. A SEC conta com o apoio da população para a doação de livros e manter as caixas itinerantes sempre alimentadas de obras.

As doações podem ser feitas diretamente ao Departamento de Literatura da SEC, localizado na av. Sete de Setembro, 1.546 - Centro (Salão de Eventos Rio Solimões - anexo ao Palácio Rio Negro), em horário comercial.

Os livros são disponibilizados gratuitamente para a população, em diversos pontos da cidade. Até o momento, já são 60 caixas espalhadas por Manaus, recheadas de romances, ficções, quadrinhos e muitas outras histórias.

Incentivo

Dessas 60 caixas, 40 estão em escolas, praças, parques, hospitais e outras instituições sob coordenação do Governo do Estado, enquanto as outras 20 estão dentro de barcos de linha, no projeto “Leia Viajando”.

 De acordo com o diretor do Departamento de Literatura da SEC, Antônio Ausier, a campanha necessita da colaboração da população. “O projeto é bem livre, não anotamos quem pegou qual livro. Vai da consciência de cada pessoa, mas acreditamos que, se ela pegou um livro e não devolveu é porque está realmente interessada em ler aquela obra. Por conta disso, é preciso manter as caixas abastecidas com novos títulos, e é aí que entra a colaboração da população”, disse.

 Doações

A SEC aceita todos os tipos de livros, contanto, claro, que estejam em boas condições de leitura. Literatura infantil, ficção, romance, volumes de História, obras clássicas são a preferência, mas todos os títulos passam por uma triagem. Algumas podem até ir para o acervo da Biblioteca Pública do Estado.

“É importante ressaltar que os livros precisam estar em bom estado e que ainda sejam legíveis. Recebemos muitos livros didáticos, e não vamos dispensá-los, mas a preferência é por livros de histórias mesmo”, acrescentou Ausier.

A meta da campanha, entretanto, é receber a maior quantidade de títulos possível, já que a proposta é levar as caixas de leitura para o interior do Amazonas. “Estamos confeccionando mais caixas para que possamos colocá-las em mais pontos da capital e expandir o interesse pela leitura em locais públicos de todo o Estado”, informou.

O programa Mania de Ler engloba projetos e subprojetos nos mais diversos campos, como o do uso do espaço físico; da popularização da leitura; da atenção às pessoas com deficiência; do estimulo à produção e premiação; do cuidado e preservação com o livro; do estímulo à comemoração; da ação escolar; das edições; e do estimulo a promoção e divulgação.

 Esse programa dá oportunidade para que a população amazonense – sejam crianças, adultos, idosos, pessoas com deficiência – tenha acesso ao fascinante mundo da leitura, que educa, promove um intercâmbio cultural, torna o cidadão mais crítico e participativo dentro da sociedade.

Doações

Os livros podem ser doados na sede da Secretaria de Estado do Amazonas (SEC), no Departamento de Literatura, localizado na av. Sete de Setembro, 1.546 - Centro (Salão de Eventos Rio Solimões - anexo ao Palácio Rio Negro). Obras de qualquer tipo serão aceitas, mas a preferência é para livros de histórias, romances, ficção, revistas em quadrinhos e literatura infantil.