Publicidade
Entretenimento
ESPETÁCULO

Projeto leva ‘Cassino do Chacrinha’ para o palco do Teatro Amazonas neste domingo (26)

O roteiro original do espetáculo conta a história de artistas já falecidos que têm a oportunidade de ser apresentar na terra. Desta vez, o Chacrinha, será homenageado 23/11/2017 às 12:19 - Atualizado em 23/11/2017 às 12:26
Show chacrinha
A apresentação homenageará o apresentador Abelardo Barbosa (Foto: Reprodução Internet)
acritica.com* Manaus (AM)

Um show de ‘calouros’ disputado por artistas como Michael Jackson, Elis Regina, Frank Sinatra, Clara Nunes, Reginaldo Rossi e Amy Winehouse. Esse é o mote do espetáculo “Além da música – No Cassino do Chacrinha”, que será apresentado no Teatro Amazonas no próximo domingo (26), às 19h

Esta é a segunda edição do projeto “Além da Música”, cujo roteiro original conta a história de artistas já falecidos que têm a oportunidade de se apresentar na Terra uma vez por ano e escolhem o Teatro Amazonas para fazer o show. Desta vez, o apresentador Abelardo Barbosa, o Chacrinha, será homenageado.

“No primeiro ano, o tema foi Halloween, mas, em 2017, foi comemorado o centenário de nascimento do Chacrinha, então vamos fazer essa segunda edição para homenageá-lo, numa pegada mais pra cima, com mais alegria. Mas a base do ‘além’ permanece”, conta Lívia Mendes, diretora do espetáculo.

Na montagem, Elke Maravilha (Michel Guerrero) é a Relações Públicas do Céu, responsável por fazer o aniversário de 100 anos de Abelardo Barbosa – interpretado por Nivaldo Mota – e convida um grupo de artistas para participar do show de calouros do “Cassino do Chacrinha”.

“Ciente da movimentação, Papai do Céu resolve dar um presente para o Chacrinha. No programa especial de aniversário, ao invés dos candidatos irem para o trono ou não, eles terão a possibilidade de ser resgatados para o Céu e a pergunta que Chacrinha  vai fazer é ‘Vai pro Céu ou não vai?’”, conta Lívia.

Na bancada do júri, além de Elke, estarão Pedro de Lara (Robson Ney), que foi para o inferno, mas teve liberação para participar do programa, e Dercy Gonçalves (Geraldo Langbeck), que ainda está no purgatório. O assistente de palco Russo (Branco Souza) também vai ajudar no andamento do concurso.

Na tentativa de garantir um lugar no Céu, artistas nacionais e internacionais, considerados rebeldes, participam do show de calouros, entre eles, Clara Nunes (Tatá Jatobá), Emílio Santiago (Antonio Bahia), Reginaldo Rossi (Michel Guerrero), Celi Campelo e Janis Joplin (Daniela Nascimento), Elis Regina e Mercedes Sosa (Isabel Vega), Amy Winehouse e Édith Piaf (Miriam Abad), Luiz Gonzaga e Tim Maia (Altair Diniz), Renato Russo e Freddie Mercury (Rodrigo Baroque), Frank Sinatra, Wando e David Bowie (Rafael Alma), Kurt Cobain, Chris Cornell e Cazuza (Luso Neto), Michael Jackson e Prince (Arnaldo Barreto).

“O elenco é maravilhoso! Algumas interpretações são emocionantes, outras muito engraçadas. Temos ator que está brincando de cantar e cantor que está brincando de atuar. Há uma convergência, e isso é muito bacana porque o resultado é original, verdadeiro”, comenta a diretora.

Participações e interatividade

O programa vai contar com participações dos Mamonas Assassinas, que já vivem no Céu e farão um especial no “Cassino”; do cantor mascarado que, como o nome sugere, será uma surpresa; e de quatro chacretes, interpretadas por bailarinas da Cia de Dança GAALD.

“É um texto bem televisão mesmo. Feito em cima do que era o programa do Chacrinha”, diz.

O espetáculo também terá momentos de interatividade com a plateia, com as brincadeiras e disputas que o Chacrinha fazia no palco como o concurso da criança mais bonita do Brasil ou do homem mais alto do País.

“Também vai ter muito bacalhau. Como estamos perto do Natal, será uma boa chance de garantir o bacalhau da Ceia”, brinca, referindo-se ao fato de Aberlado Barbosa jogar o peixe para as pessoas do auditório. “Nossa trupe é muito irreverente. Queremos entreter, brincar, divertir, assim a plateia nos ganha e a gente ganha a plateia. É uma troca bem interessante!”, pontua.

“Além da música – No Cassino do Chacrinha“ tem texto e direção de Lívia Mendes, direção musical de Carlinhos Bandeira e produção de Lucy Almeida.

SERVIÇO

Projeto ‘Além da música’ leva o ‘Cassino do Chacrinha’ para o palco do Teatro Amazonas

Data/Hora: Dia 26 de novembro, domingo, às 19h

Local: Teatro Amazonas, avenida Eduardo Ribeiro, 659, Centro

Ingressos: Inteira a R$ 40 (plateia e frisas) e R$ 30 (demais assentos). À venda somente na bilheteria do Teatro, com pagamento aceito também em cartões de débito e crédito

Classificação: Livre

Informações: (92) 99226-1628

*Com informações de assessoria de imprensa