Publicidade
Entretenimento
Vida

Quer escrever um livro? Faça um guia-roteiro!

O primeiro passo é encarar a escrita de um livro como uma grande jornada e, assim, evitar que imprevistos atrapalhem qualquer momento da produção. Não hesite em listar todos os cuidados a tomar no processo de criação até a publicação 01/12/2012 às 10:02
Show 1
Ao escrever um livro, pense que irá se aprofundar em uma grande jornada
acritica.com Manaus, AM

Quem nunca pensou em escrever um livro e eternizar algum aspecto de sua vida, seja ele biográfico, emocional ou intelectual? Mas, para isso, é necessário estar atento a alguns pontos a mais de um simples ‘querer’. Criar uma espécie de método, ou melhor, guia-roteiro para melhor planejar a sua criação é crucial para o alcance de bons resultados quanto ao exercício da literatura particular.

O primeiro passo é encarar a escrita de um livro como uma grande jornada e, assim, evitar que imprevistos atrapalhem qualquer momento da produção. Não hesite em listar todos os cuidados a tomar no processo de criação até a publicação. Criar o plano dois de cada alternativa listada e saber classificar o que é  indispensável e o que não é  ajuda na criação do roteiro.

Verificar se o conteúdo que você quer escreve tem algum diferencial em relação ao conteúdo existente e atentar para a própria disponibilidade são fatores essenciais na construção de um livro, de acordo com Ricardo Fasti, diretor da Universia Brasil, uma das maiores redes de colaboração universitária do país.

"É importante, por exemplo, identificar quantas pessoas já estão falando sobre o mesmo assunto e no que seu material será diferente, além de decidir o quanto poderá escrever por semana, horários em que você é mais criativo e se concentra mais, além do local mais apropriado para escrever”, dialoga o diretor.

Dicas úteis para a criação do guia

O guia-roteiro precisa ser, definitivamente, um parceiro. Precisa ser funcional e se adequar à sua rotina, e precisa estar pronto pra ser alterado com o tempo, conforme novas idéias forem surgindo, conforme a Universia Brasil.

Estipule datas e deixe sempre ao lado de cada item, para que cumpra metas. Procure reconhecer as dificuldades da produção e identifique recursos externos.

Controle suas atividades voltadas à construção da obra, e insira as datas referentes ao cumprimento de cada meta no lado do item. Selecionar um amigo, um parente ou um professor pra estar cobrando o cumprimento das atividades é crucial, porque o incentivo externo vai motivá-lo.

Etapas: pré-planejamento

1. Decida se você quer escrever um livro

2. Determine sobre o que ele será

3. Procure identificar quem será seu leitor

4. Veja o que outras pessoas estão falando sobre o assunto

5. Considere como o seu material será diferente daquilo que já está sendo oferecido

6. Determine como você irá usar seu livro

7. Dê um título provisório ou de trabalho (para não chamá-lo apenas de livro)

Após o pré-planejamento

8. Busque entender e identificar seu estilo de trabalho

9. Decida uma quantidade mínima por dia de material escrito

10.
Calcule datas para o primeiro, segundo e terceiro rascunho ou versão

11. Organize e estabeleça tempo para escrever

12. Encontre o local de trabalho mais apropriado

13. Veja qual é seu melhor horário de criatividade e rendimento

14. Converse com aqueles que convivem com você para que o ajudem, especialmente nos momentos em que estiver escrevendo