Publicidade
Entretenimento
Rádio e TV

Rede Calderaro forma parceria com rádio carioca e FM O Dia estreia em Manaus

Nova emissora reformulará o jornalismo radiofônico e trará novos programas e parcerias entre o eixo Manaus - Rio de Janeiro 24/09/2017 às 06:00 - Atualizado em 24/09/2017 às 09:49
Show ahaheaal
Clayton Pascarelli e Naiandra Amorim conduzem o jornalístico FM O Dia Notícias (Foto: Márcio Silva)
Laynna Feitoza Manaus (AM)

A partir de amanhã (25) quem sintonizar na FM 93.1 vai começar o dia colorido por alegria. É nessa data que sai do papel um novo projeto da RCC: a Rádio A CRÍTICA vai dar lugar à Rádio FM O Dia, que possui sede no Rio de Janeiro e vai ganhar a sua primeira afiliada na capital amazonense. Ao todo, uma nova grade de programação, com novos locutores e participações especiais entre o eixo Manaus - Rio de Janeiro vão abrilhantar a nova parceria de sucesso.

De acordo com a diretora da Rádio FM O Dia, Camila Caetano, a FM O Dia vai além de tudo o que se espera de uma emissora. “Justamente por ter uma forte identificação com tudo aquilo que é bom, com tudo o que é festa. Temos uma programação bem diversificada, voltada para pagode, sertanejo e funk. Mas também tocaremos outros ritmos”, conta ela. A nova rádio tem como principal premissa a animação logo no começar do dia, para dar aquele gás aos ouvintes.

Ainda segundo Camila, a grade terá novos programas com muita interação dos ouvintes. “Novos quadros, a participação de um time seleto de DJ’s de Manaus que irão fazer parte da nossa programação, e uma grade local com os melhores locutores de segunda a segunda levando muita música e alegria aos ouvintes. Iremos continuar com as participações ao vivo, diariamente, com a TV através do nosso jornalismo por meio do FM O Dia Notícias, além da interação online com nosso ouvintes pelo nosso streaming, redes sociais e aplicativo”, complementa ela.

Programas

Alguns destaques da nova grade de programação são o programa FM O Dia Online, a ser conduzido pelo promoter David Brazil, e o programa Vibes & Tal, que será apresentado pelos comunicadores Gominho e Orelhinha. Os dois programas serão feitos no Rio de Janeiro e transmitidos em Manaus. “As equipes de Manaus e do Rio de Janeiro estão há três meses preparando vinhetas com muito carinho, selecionando a participação dos artistas... estão super engajados por ser a primeira afiliada”, complementa Caetano.      

Além dos programas interestaduais, a grade local terá o programa Funk U, que será comandado pelo DJ Tubarão, e demais programas que serão apresentados pelos locutores Amanda Couto, Leandro Ribeiro, Rildo Alves, Sidnei Rodrigues e Suelen Gonzaga. “E a grande novidade é um time de DJ’s super conhecidos nas baladas de Manaus, como os DJ’s Layla Abreu, Felix Moraes e Reginaldo Fontinelli, que vão tocar na programação”, coloca a diretora.

Abre-alas

O primeiro programa a ir ao ar na estreia da emissora é o FM O Dia Notícias, dando seguimento ao jornalismo de credibilidade da RCC, com reportagens que abrangem desde o “hard news” até cultura e esportes, mas com toque menos sisudo e mais descontraído. Os eleitos para conduzir essa nova missão das 6h às 7h da manhã foram os jornalistas Clayton Pascarelli e Naiandra Amorim. 

Cheia de expectativas, Naiandra afirma que a rádio é uma grande novidade na sua vida. “Sempre tive vontade de fazer. A primeira vez que fiz rádio foi no segundo turno da eleição suplementar. Foi a minha estreia e fiquei ainda mais apaixonada. Agora vou entrar de cabeça nesse projeto. Vai ser um programa com muita interação dos repórteres ao vivo, mostrando o que está acontecendo nas ruas, e levando esse formato jornalístico para a rádio, o de discutir muito a notícia. Vamos continuar a interação com o programa ‘Manhã no Ar’”, assegura Amorim.

Para Clayton, o jornalismo caminha cada vez mais para a leveza. “Ele precisa ser assim para ficar mais palatável ao ouvinte, principalmente rádio e TV. E o grande X da questão é a gente conseguir dar um bom dia para as pessoas de forma alegre e descontraída, às vezes. Vamos passar a mesma notícia que o restante das mídias, mas de forma mais leve possível. É um padrão que a FM O Dia do RJ já banca há muito tempo lá e que dá certo. As pessoas já passam por problemas, e esse bom dia diferente é algo muito bom”, destaca Pascarelli.

Com a palavra, a presidente

Gigi Carvalho, Presidente da Rádio FM O Dia (RJ)

“O projeto  de transformar a FM O Dia em uma rede de rádios  já existe há algum tempo e nunca pensei que fôssemos começar por Manaus.   Descobri que Manaus tem a mesma alegria do Rio de Janeiro! A configuração das duas empresas (O Dia e A Crítica) também é praticamente a mesma: grupos familiares em que todos, dos donos aos funcionários, trabalham com amor e muito espírito de equipe. Hoje tenho certeza de que essa parceria não aconteceu por acaso. Meu pai (o jornalista Ary Carvalho, falecido em 2003) e o Umberto Calderaro (fundador de A Crítica) eram amigos e sempre brincavam sobre tornarem-se sócios. Agora os netos conseguiram tirar esse sonho do papel”.

*Colaborou Aruana Brianezi