Publicidade
Entretenimento
Vida

Reforço escolar: franquia 'Seu Professor' chega a Manaus

Matemática, Física e Inglês são as disciplinas apontadas, pelos alunos do ensino médio do Centro Literatus, como as mais difíceis. Para o professor Marcial Tavares, que ministra Física, o problema não está na disciplina, mas sim no fato dos alunos não conseguirem manter uma rotina de estudo 08/11/2012 às 12:01
Show 1
As escolas de reforço costumam receber mais alunos durante essa época de perigo para os estudantes
Cynthia Blink Manaus, AM

Nos últimos meses do ano, os estudantes já avistam as férias. Mas antes, precisam passar longe da temida recuperação. Nesse momento, os que estão numa situação difícil esquecem um pouco as diversões e se concentram, como nunca, nas matérias escolares. O segredo é não desanimar e conferir as dicas para o boletim azul, o passaporte para o novo ano letivo, numa série mais avançada.

Matemática, Física e Inglês são as disciplinas apontadas, pelos alunos do ensino médio do Centro Literatus, como as mais difíceis. Para o professor Marcial Tavares, que ministra Física, o problema não está na disciplina, mas sim no fato dos alunos não conseguirem manter uma rotina de estudo. “Quem revisa aquilo que viu em sala de aula, todos os dias, mantém um bom desempenho. Já os que deixam sempre para depois, acumulam pendências, aí fica realmente difícil de recuperar”.

Na reta final, os alunos correm atrás do prejuízo e mudam seus hábitos, como no caso do Felipe Alves, que deixou o futebol nas quartas e sextas para estudar Matemática. “Fiz isso porque preciso tirar oito na matéria, e porque o vestibular está próximo”, conta o estudante do 1° ano do ensino médio.

novidade em Reforço

As escolas de reforço costumam receber mais alunos durante essa época de perigo para os estudantes. A novidade é a aula de reforço na web. Uma criação que busca se adaptar ao horário dos alunos, o site “Seu professor” (www.seuprofessor.com.br) foi feito pelos professores Gabriel Costa e Ricardo Althoff, de Santa Catarina. A ferramenta mais popular do site é a “tira dúvida”, onde o aluno envia a pergunta, e em no máximo 24h um professor a responde detalhadamente, ensinando o aluno a resolver. Além disso, tem os vídeos sobre conteúdos específicos e outras opções.

Hoje, o site tem 51 mil usuários em todas as regiões do Brasil, sendo a maioria do Estado de São Paulo. As turmas que mais se conectam são as do 6° ano do ensino fundamental, assim como, o 1° e 3° ano do ensino médio. Concurseiros e vestibulandos também usufruem da ferramenta. Recentemente, Manaus adquiriu uma franquia e os interessados já podem ficar online para essa ideia.

Vale lembrar que professores e alunos estão do mesmo lado. Essa história que professor “marca” aluno é lenda urbana. Todos desejam a aprovação. “Nós, professores, também nos decepcionamos porque nosso objetivo é que todos aprendam. Mas o aprendizado é uma via de mão dupla”, esclarece a professora de língua portuguesa Gliceriana Araujo.