Publicidade
Entretenimento
Vida

Revelação da música eletrônica fala sobre trajetória e apresentação em Manaus

DJ HNQO que foi indicado para a famosa premiação do Winter Music Conference (WMC 2013), em Miami, conversou com A CRÍTICA sobre sua trajetória 16/03/2013 às 13:35
Show 1
O Dj vai mostrar toda sua energia na festa 'Xpressions' em Manaus
acritica.com ---

A festa Xpressions, que acontece no próximo sábado, dia 23, vai trazer o DJ HNQO, uma das revelações da música eletrônica. Além deles, diversos DJs locais vão animar a pista da festa, que vai começar às 22h, na Mansão Tarumã.

O DJ HNQO, que foi indicado essa semana para a famosa premiação do Winter Music Conference (WMC 2013), em Miami, conversou com A CRÍTICA sobre sua trajetória e as expectativas para o show na cidade. As atrações locais também terão destaque – no line-up, estão os DJs Kleber Romão, Cézar Dantas, Felipe Litaiff, Iann Wenery, Alonso Melo, Fábio Romão e Diego Marzzitelli.

Os ingressos para a Xpressions já estão à venda no site ingresse.com.br, no Fran's Café, localizado no Conj. Vieiralves, no Fast Temaki do Amazonas Shopping e do Parque 10, na Rezz Camiseteria, situada no Le Bon Marché. Ingressos para pista estão R$ 40 e R$ 120 para o backstage com open bar. Para a compra antecipada, também serão aceitos cartões de crédito. Mais informações pelos telefones (92) 8174-7271 e 9422-1180.

Você sempre quis trabalhar como DJ ou foi algo que simplesmente “aconteceu”?

Eu me envolvi nesse nicho a partir do momento em que passei a frequentar as festas do gênero, aos  16 anos. Na hora de produzir, busco detalhes em estilos que costumo ouvir fora da música eletrônica, como hip hop, break beat, rock e jazz. Variações de humor e situações do cotidiano também estimulam.

Tem alguma música especial para você? Uma que sempre está presente em sua setlist?

Tenho várias músicas que considero especiais, cada uma para um momento do set, mas diria que como um clássico, adoro tocar um edit de “Around The world” do Daft Punk, que poucas pessoas conhecem, mas que mesmo assim, funciona superbem.

A profissão foi reconhecida pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE). Como você vê essa decisão?

Independente de ser reconhecida ou não pelo MTE, o preconceito continua para as pessoas que não se dão a oportunidade de enxergar que ser DJ ou produtor é realmente um trabalho e que exige responsabilidades como qualquer outra atividade profissional. Espero que o acontecido seja favorável ao reconhecimento da massa a respeito do trabalho sério que muitos profissionais do ramo exercem e que isso também seja uma coisa boa para os próprios.

Por fim, gostaria que você adiantasse um pouco do show que você fará aqui.

Esta será minha primeira apresentação no Amazonas e guardo uma série de músicas que são similares às minhas próprias produções. Espero uma festa com boa vibe e pessoas divertidas, dispostas a ouvirem o que tenho para mostrar.