Publicidade
Entretenimento
Vida

Rima e hip hop por elas

A festa vai reunir mulheres que têm forte influência na cena da cultura negra em Manaus, na tarde deste domingo Rima e hip hop por elas 17/11/2012 às 10:41
Show 1
Keila Serruya é a convidada especial da balada
Jornal A Crítica Manaus (AM)

Acabar com o machismo e o preconceito que ainda existe na cultura hip hop é apenas um dos objetivos da festa “Elas na rima” que acontecerá neste domingo (18), a partir das 16h, no Nativos Bar. A animação vai ficar por conta de MCs, DJs e artistas mulheres, que são também as promotoras da festa. Só os homens pagam ingresso, que terá o preço simbólico de R$ 5.

Rosana MC, Negonas MCs, a paraense Jhennyfha, a artista multimídia Keila Serruya, Minas de Fé, Carol Luna e a DJ Cris serão as responsáveis por colocar todo o público para dançar. Além delas, haverá também a performance das grafiteiras Catrina e Izy.

“É uma oportunidade para que elas mostrem o trabalho que vêm fazendo na cena hip hop manauara. Essas meninas têm muito o que mostrar, porque são muito boas no que fazem”, disse o MC Fino, um dos apoiadores da festa. “A MC Rosane, que rima desde 1990, juntou alguns grupos da nova escola para mostrar que o movimento feminino no cenário de rap e hip hop, em Manaus, não está apagado”, ressaltou.

Segundo o MC Fino, a festa acontece dentro do projeto Espaço Favela, que procura levar informação e divulgar os movimentos culturais na cidade. O Nativos Bar fica localizado na rua Leonardo Malcher, 1.363, Centro, ao lado da Riachuelo da avenida Getúlio Vargas.