Publicidade
Entretenimento
Buzz

Roger Waters chega ao Brasil com "The Wall - Live"; turnê começa neste domingo em Porto Alegre

O show de cerca de duas horas, escrito e produzido por Roger Waters, traz efeitos especiais como as imagens de Gerald Scarfe, o avião batido, o som quadrafônico, e o famoso porco voador do Pink Floyd 24/03/2012 às 16:56
Show 1
O primeiro show, na noite de domingo, é em Porto Alegre, depois, o músico segue para o Rio de Janeiro e para São Paulo
UOL/Música ---

Depois de dois shows em Santiago e nove apresentações somente em Buenos Aires, Roger Waters traz a grandiosa turnê "The Wall - Live" ao Brasil. O ex-baixista do Pink Floyd começa neste domingo (25) a perna brasileira de sua excursão pela América do Sul.

O primeiro show, na noite de domingo, é em Porto Alegre no Estádio Beira-Rio, a partir das 20h. Depois, o músico segue para o Rio de Janeiro (Estádio Olímpico João Havelange) na quinta-feira (20) e para São Paulo (Estádio do Morumbi) nos dias 1º e 3 de abril.

O show de cerca de duas horas, escrito e produzido por Roger Waters, traz efeitos especiais como as imagens de Gerald Scarfe, o avião batido, o som quadrafônico, e o famoso porco voador do Pink Floyd. Em certo momento, o cantor homenageia pessoas que perderam suas vidas em guerras, e o brasileiro Jean Charles de Menezes, morto no metrô de Londres em 2005, também é lembrado.

Os famosos versos de "Another Brick in The Wall - Part 2", que um dia serviram para criticar o sistema educacional britâniico, ganharão novas vozes na passagem de Roger Waters. Os shows em São Paulo terão a participação de um coral de 15 crianças do Instituto Baccarelli, de Heliópolis. No Rio, serão 15 adolescentes da escola de música da Rocinha.

Em cada local de apresentação é construída uma parede de 137 metros de largura e 11 metros de altura. Os 424 tijolos utilizados são reciclados e re-reciclados após o uso. Ao todo, são usadas 57 toneladas de equipamentos de chão, 55 toneladas de cenário, 32 quilômetros de cabos, 172 alto-falantes, 23 projetores, 21 caminhões e 12 mesas de som. 

É preciso uma equipe de 66 pessoas para montar o show, fora a equipe local, com mais 80 pessoas. O arquiteto Mark Fisher, que também é responsável pela montagem da turnê "360º", do U2, cuidará do equipamento visual e sonoro que acompanha Waters nos palcos.

Antes da turnê atual, que passou pelos Estados Unidos e Europa, o show havia sido realizado apenas 29 vezes entre 1980 e 1981, e em julho de 1990, em Berlim, quando foi celebrada a queda do muro em apresentação para quase 500 mil pessoas na Potsdamer Platz.

Originalmente lançado em novembro de 1979 e tocado pela primeira vez ao vivo em 1980, o álbum "The Wall" foi o mais vendido daquele ano e ainda está entre os cinco discos mais vendidos de todos os tempos nos EUA. Também se tornou filme, dirigido por Alan Parker, com roteiro de Roger Waters, lançado em 1982.