Publicidade
Entretenimento
Vida

Saiba como controlar seus gastos e concretize seus projetos em 2013

O especialista em educação financeira, Janser Rojo, afirma que o dinheiro lucrado no fim do ano pode ser um grande aliado na quitação de dívidas, e que alguns cuidados são essenciais para a realização dos sonhos de consumo 07/12/2012 às 20:26
Show 1
Estar sempre ciente do que se faz com o dinheiro é essencial para reconhecer os gastos e cortar os excessos, diz o especialista
acritica.com Manaus, AM

Entra ano, sai ano, e os planejamentos sobre como economizar dinheiro vão por água abaixo.  Os projetos que dependem do âmbito financeiro encalham, e nada acontece. Aprenda como fazer seus planos darem certo ponderando seus gastos e estipulando normas próprias de controle, e faça seu 2013 ser diferente dos anos anteriores.

O especialista em educação financeira, Janser Rojo, afirma que o dinheiro lucrado no fim do ano pode ser um grande aliado na quitação de dívidas.

 “Aproveite o 13º salário, participação nos lucros e outras bonificações para organizar seus débitos. Veja aqueles que têm os maiores juros e que estão em atraso, gerando juros extras, como cheque especial ou cartão de crédito cuja fatura vem sendo paga pelo valor mínimo. Acabe com estas dívidas assim que possível e fique somente com aquelas que têm parcelas fixas e sem nenhum saldo atrasado. Para estas, faça um planejamento doméstico onde elas caibam com folga”, ressaltou Rojo.

Estar sempre ciente do que se faz com o dinheiro é essencial para reconhecer os gastos e cortar os excessos, diz o especialista.

“Poucas pessoas sabem exatamente como gastam seu dinheiro e por isso, acabam perdendo grandes quantias. É preciso anotar tudo o que se gasta para saber para onde os recursos financeiros estão indo. Só assim é possível cortar gastos desnecessários e poupar”, afirmou Janser.

Assim como uma lista de supermercado, uma lista de projetos o deixará bem à vontade com as suas prioridades do momento. O ideal é colocar, sem medo, na ponta do lápis tudo o que deve ser seu foco, de acordo com o consultor.

“Saiba exatamente para onde quer direcionar seus esforços e o que lhe deixará realmente satisfeito. Tendo essa lista bem definida e acessível, com certeza você deixará de gastar com outras tentações que aparecerem no caminho”, pontuou.

Uma conta alternativa deve ser criada para abrigar a quantia separada antes de qualquer gasto ou pagamento. Segundo o especialista, os sonhos de consumo podem ser realizados a partir dessa aplicação secundária.

“Pode começar com pouco e depois ir aumentando, se conseguir. Se o sonho é uma viagem para a França, por exemplo, que custa R$ 10 mil e você já tem na conta R$ 2 mil, significa que seu sonho está 20% alcançado, o que é diferente de ter um sonho que nunca sai do papel. Além do mais, isso gera motivação para continuar atrás dos 80% faltante, e evita gastos com outras coisas que são menos importantes para você”, finalizou.