Publicidade
Entretenimento
Vida

Saiba como livrar seu filho de problemas auditivos e garantir um crescimento saudável

A perda auditiva em uma criança pode atrasar o desenvolvimento da linguagem, principalmente quando ocorre na idade mais crítica: os primeiros anos de vida 07/01/2013 às 12:24
Show 1
A detecção precoce dos problemas auditivos garante o crescimento saudável das crianças
acritica.com ---

Uma criança ao nascer precisa de inúmeros cuidados, exames médicos básicos são realizados com o objetivo de detectar problemas com possíveis tratamentos, um deles é o teste da orelhinha.

O teste da orelhinha é responsável por medir a capacidade auditiva do recém-nascido e mesmo após o  procedimento, os pais devem ficar atentos porque as dificuldades para ouvir podem ocorrer mais tarde devido a diversos fatores, como otites e o uso de medicamentos. Daí a importância de os pais levarem seus filhos a um médico otorrinolaringologista assim que suspeitarem de algum problema.

A perda auditiva na criança implica no atraso de desenvolvimento de sua linguagem, principalmente quando ocorre na idade mais crítica: os primeiros anos de vida, portanto, quanto mais cedo for detectado o problema, melhor.

As crianças, mesmo com surdez leve ou moderada, que não começam logo o tratamento podem ter mais dificuldade para aprender a falar e ler, o que prejudica o desempenho na escola. A troca de fonemas e o baixo rendimento nas aulas e provas podem ser alguns indícios de déficit auditivo em crianças com idade escolar. Em grande parte dos casos, a indicação é do uso de aparelho auditivo.

Confira alguns gestos que detectam uma boa audição

Até 3 meses - Acorda ao ouvir um barulho forte

Dos 3 aos 6 meses - Movimenta os olhos e se vira na direção de vozes

Entre 6 meses e 1 ano - Balbucia sílabas simples, como “papá”, "mamã", tentando reproduzir o que escuta

De 1 a 2 anos - Fala palavras do cotidiano, interagindo com os adultos

Sintomas de perda auditiva nas crianças

- demora a falar
- tem dificuldade para entender o que as pessoas falam
- não consegue se comunicar direito ao telefone
- aumenta frequentemente o volume do rádio e da TV
- fala muito alto
- faz trocas ou comete muitos erros ao escrever
- demora a compreender as coisas que são ditas
- é hiperativa e/ou distraída

Dicas para desenvolver o potencial auditivo das crianças

- Sempre escute e fale com a criança desde cedo, não importa se ela não responde. Quando você fala com ela, está mostrando como usar os lábios e a língua.

- Não deixe de cantar para o bebê quando ele estiver acordado. Cante com voz suave, em tom amoroso.

- Leia em voz alta para o bebê. Nada estimula mais a criança do que escutar você falar. Os livros ilustrados com figuras e desenhos complementam esse estímulo e são ótimos para desenvolver as habilidades infantis.

Alguns problemas de audição comuns em crianças

Cera (cerume)

A cera no canal auditivo pode agir como um tampão auricular, impedindo as ondas sonoras de atingirem o tímpano. Gotas de um líquido que amoleça a cera podem ajudar. Os pais nunca devem utilizar hastes flexíveis para tentar remover a cera. A haste flexível pode na verdade empurrar a cera mais fundo no canal ou até mesmo furar o tímpano.

Objetos perigosos

Os pais devem ter cuidado para as crianças não colocarem pequenos objetos no ouvido, pois o tímpano pode ser rompido, o canal auditivo pode ficar inflamado ou o som bloqueado.

Otite externa

Este problema é ocasionado por uma infecção do canal auditivo externo que pode ser dolorosa e causar o fechamento do canal pelo inchaço, resultando em uma perda auditiva temporária. Normalmente, é infecção bacteriana que se desenvolve no canal auditivo que fica molhado após o banho ou a natação.

Otite média

Essa é a causa mais comum de perda auditiva condutiva em crianças. Otite média (serosa) é um termo comum utilizado para descrever uma variedade de condições que afetam a orelha média. Mais de 85% das crianças terão pelo menos uma infecção auditiva na infância. Na verdade, entre as razões de consulta ao médico, as infecções auditivas só são superadas por verificações de rotina em bebês saudáveis.

Existem várias formas e causas para a otite média. O fator mais frequente é a infecção das adenóides, que hospedam uma bactéria, ou a obstrução da trompa de Eustáquio, que conecta a orelha média à parte posterior do nariz (nasofaringe).

Perda auditiva neurossensorial permanente

Se houver um problema na orelha interna, ele causará uma perda auditiva neurossensorial. A perda auditiva neurossensorial em crianças pode ocorrer por certas infecções antes do parto, pela falta de oxigênio durante o parto ou por causas genéticas. A perda auditiva neurosssensorial normalmente não pode ser curada com remédios ou cirurgia, mas os aparelhos auditivos podem ajudar na maioria dos casos. Atualmente, existe uma ampla gama de opções disponível. Se você relacionou um dos problemas citados acima com seu filho, procure imediatamente a orientação de um médico especializado.