Publicidade
Entretenimento
Salmão e o coração

Salmão previne doenças cardiovasculares

Rico em ômega 3, o salmão também possui quantidades diversas de proteínas, fósforo, potássio e cálcio, além de outras substâncias 24/09/2012 às 14:04
Show 1
Consumo do salmão pode reduzir em até 80% o risco de enfarto
acritica.com Manaus

Quer diminuir os riscos de ter uma doença cardiovascular? Então, coma salmão pelo menos duas vezes por semana. A dica é resultado de um estudo feito pela Associação Americana do Coração que apontou que a ingestão de salmão pode diminuir em até 80% o risco do indivíduo sofrer um ataque cardíaco.

Consumir alimentos que comprovadamente têm substâncias benéficas ao organismo é uma boa alternativa para se fugir das conseqüências do estresse diário, pressão do trabalho, ansiedade e vida corrida.

Alguns alimentos podem ser aliados no cuidado com a saúde e, principalmente, com o coração. Rico em ômega 3, o salmão é um dos peixes que ajuda no combate de doenças cardiovasculares. A substância auxilia na redução dos níveis de colesterol, diminuindo a capacidade de coagulação do sangue, um dos motivos que podem levar a um enfarto.

O salmão é considerado por médicos e pesquisadores um alimento funcional, ou seja, melhora o metabolismo e previne doenças. O peixe também possui quantidades diversas de proteínas, fósforo, potássio, cálcio, selênio e vitamina B6 e B 12 – que são responsáveis pelo bom humor e bem estar.

O estudo, da Associação Americana do Coração, expõe ainda que os ácidos graxos e o ômega 3 podem reduzir em até 33% o risco das mulheres chegarem ao óbito em virtude de complicações cardíacas, já que elas têm maior propensão à doenças cardiovasculares.