Publicidade
Entretenimento
Vida

Sapatos Louboutin: Objeto de desejo das mulheres

Homenagem ao ícone da moda: Christian Louboutin e suas criações 21/05/2012 às 10:46
Show 1
O designer é fã de saltos altíssimos. Ele já declarou que não prioriza conforto em suas criações
Luciana Santos Manaus

Ícone da moda, Christian Louboutin comemora os 20 anos da abertura de sua primeira loja em Paris com uma série de eventos que incluiu o lançamento de uma coleção comemorativa, a Capsule Collection, e uma exposição que começou no início deste mês no London's Design Museum, que faz uma retrospectiva do trabalho desse artista que consegue traduzir elegância e girl power em suas criações. Recentemente, o designer também foi anunciado pelos estúdios Disney como o escolhido para recriar o sapato de Cinderela no relançamento da história da personagem em DVD e Blu-Ray.

A paixão por sapatos começou ainda na infância. Aos 11 anos, durante uma visita ao Museu de Artes Africanas e da Oceania, localizado em Paris, o pequeno Christian viu uma imagem de um sapato de salto alto que nunca mais sairia do seu imaginário. Fã de saltos altíssimos, ele já declarou em algumas entrevistas que não prioriza conforto em suas criações.  “Conforto definitivamente não é minha prioridade. Eu odeio o conceito de conforto. É como quando as pessoas dizem 'bem, nós não estamos exatamente apaixonados, mas sim numa relação confortável'. Você está abandonando um monte de ideias quando está muito confortável”, disse o designer à revista “The New Yorker”.

Lojas

Após a abertura da primeira boutique em Vero-Dodat, Paris, as criações de Louboutin ganharam o mundo. Hoje, pode-se adquirir as peças do designer em 53 países. A primeira loja do artista na América Latina foi instalada no Brasil, em 2009, num shopping de São Paulo. Hoje, além da loja em São Paulo, as fãs brasileiras também podem fazer compras na loja da marca em Brasília. O modelo mais simples sai por R$ 1.082.

Rouge

A sola vermelha é a marca registrada dos sapatos de Christian Louboutin e nasceu ainda no início da carreira do artista. Em 1992, Louboutin viu uma assistente pintando as unhas dos pés de um vermelho vibrante, e teve a ideia  de pintar as solas dos sapatos que desenhava com um vermelho semelhante, para dar mais “energia” aos calçados. Com o sucesso, o designer conseguiu em 2008 a  “US Patent and Trademark”, patente de marca registrada, para os sapatos de solas vermelhas.

O uso da sola vermelha também foi o pivô de um processo que o designer moveu contra Yves St. Laurent por violação de marca registrada. Louboutin perdeu a ação, mas isso pouco importa para quem gosta e pode desfilar um modelo do artista. E não são poucas as celebridades clicadas com uma de suas criações. Só para citar alguns exemplos: Sarah Jessica Parker; as gêmeas Mary Kate e Ashley Olsen; Scarlett Johansson; e Blake Lively.  Para quem pode!

Beleza também para o rosto

Se o vermelho dos sapatos de Christian Louboutin são objeto de desejo, esse sentimento não se limitará só aos calçados. O designer vai lançar, em parceria com a empresa americana Batallure, a Christian Louboutin Beauté. A inspiração é o busto de Nefertiti - onde, diz o designer, “pode-se ver uma beleza e maquiagem absolutamente perfeitas”. Com previsão de lançamento em 2013, a linha de luxo deve ter distribuição global, mas ainda não há notícia de chegada nas lojas brasileiras.