Publicidade
Entretenimento
Buzz

Sean Kingston começa segunda turnê pelo Brasil com show de menos de uma hora no Rio de Janeiro

Kingston também animou o público, sobretudo as mulheres, ao dizer que logo que chegou por aqui já pode ver como as brasileiras são sexies e bonitas 28/01/2012 às 10:58
Show 1
Oito meses após o acidente que quase o matou durante um passeio de jet ski em Miami, o rapper pareceu em forma no palco, apesar do show curto (27/01/12)
UOL/MUSICA ---

O rapper americano Sean Kingston iniciou sua segunda passagem pelo Brasil (ele já veio ao país em 2008) nesta sexta-feira (27), com um show curtíssimo na Fundição Progresso, no Rio. Ele esteve no palco por quase uma hora apenas e apresentou músicas de seus dois álbuns – “Sean Kingston” (2007) e “Tomorrow” (2009) – e ainda adiantou faixas de seu novo trabalho, que deve ser chamado “Back 2 Life” e tem previsão de lançamento para este semestre. O cantor carioca Naldo, que abriu a noite, tocou cerca de 20 minutos a mais que a atração principal.

A plateia de aproximadamente duas mil pessoas atendeu durante a maior parte do tempo aos pedidos de “hands up” do rapper e do DJ que o acompanhava. Kingston também animou o público, sobretudo as mulheres, ao dizer que logo que chegou por aqui já pode ver como as brasileiras são sexies e bonitas.

Show

O ponto alto da noite foi quando o rapper colocou os elogios na prática e pediu a seu segurança que chamasse várias meninas “grandes e lindas” no palco para o sucesso “Beautiful Girls” (de seu primeiro disco), que tem na base um sample do clássico do soul “Stand by Me”, de Ben E. King.

Outras canções que contam com samples de composições famosas do pop e do rock também estiveram no repertório do cantor, como “I Can Feel it” (também do primeiro álbum), que usa um trecho dos vocais de Phil Collins em “In the Air Tonight”. Outro momento de interação com o público foi quando o rapper chamou todos para irem à Jamaica, país onde foi criado (ele tirou da capital jamaicana, Kingston, seu sobrenome artístico), em outro grande sucesso, “Take you There”. O cantor também mostrou ao vivo dois singles recentes, “Eenie Meenie”, gravado com Justin Bieber, e “Party All Night (Sleep All Day)”, mas ambas as músicas não tiveram tanta receptividade quanto os sucessos mais antigos.

Oito meses após o acidente que quase o matou durante um passeio de jet ski em Miami, o rapper pareceu em forma no palco, apesar do show curto. Em alguns momentos da apresentação, quando Kingston se afastava do microfone ou deixava de acompanhar a letra da música, foi possível observar que sua voz continuava a soar na Fundição, como se o rapper estivesse cantando sobre uma base pré-gravada. No entanto, a produção do show não confirmou se houve playback.

Neste sábado (28), Sean Kingston se apresenta em Campinas e no dia 3 de fevereiro estará no festival Planeta Atlântida (RS).

No show de abertura da noite desta sexta, o cantor Naldo se apresentou por cerca de 1h10 e em alguns momentos transformou a Fundição em um baile funk, também com direito a meninas chamadas ao palco para dançar “até o chão”. Na música “Como Mágica”, ele homenageou o irmão falecido, Lula, com quem formava uma dupla. O repertório foi baseado no DVD “Na Veia Tour”, lançado em 2011, e contou com músicas como “Chantilly” e “Exagerado”.

Setlist Sean Kingston:

“Me Love”
“Face Drop”
“Rewind”
“What is it”
“I Can Feel it”
“Take you There”
“Whatcha Say”
“Letting go (Dutty Love)”
“I’m at War”
“Beautiful Girls”
“Eenie Meenie”
“Fire Burning”
“Party All Night (Sleep All Day)”