Publicidade
Entretenimento
Vida

Seleção feminina perde para o Reino Unido e enfrentará as campeãs mundiais japonesas

A seleção verde e amarela fez um jogo muito fraco, sem nenhuma inspiração e ainda viu a goleira Andreia, melhor jogadora do time, defender um pênalti 31/07/2012 às 17:31
Show 1
Brasil perde mas está classificado para a segunda fase
UOL São Paulo

Com um gol logo no começo do jogo, o Reino Unido derrotou o Brasil por 1 a 0 no encerramento da fase de grupos do torneio de futebol feminino dos Jogos de Olímpicos de Londres nesta terça-feira. Com a derrota, as brasileiras terminaram na segunda colocação do Grupo E, com seis pontos, e terão pela frente o Japão, atual campeão mundial, na sexta, dia 3, pelas quartas de final.

A seleção verde e amarela fez um jogo muito fraco, sem nenhuma inspiração e ainda viu a goleira Andreia, melhor jogadora do time, defender um pênalti.

“Apesar de ter sido uma derrota a gente tem que tirar algo de positivo nisso. A gente errou no começo, um deslize e pagamos o preço por isso. O jogo de hoje foi bem equilibrado”, disse Marta à TV Record na saída do campo.

“Não tem nada perdido. O jogo vai começar agora. A decisão é no próximo jogo”, avisou a camisa 10 da seleção.

Empolgadas com o ótimo público que lotou as arquibancadas do Wembley - mais de 70 mil torcedeores foram ao tradicional estádio -, as britânicas partiram para o ataque e levaram apenas dois minutos para abrirem o placar da partida. Houghton se antecipou à defesa brasileira, fintou Andreia e marcou.

A primeira etapa do time do técnico Jorge Barcellos foi muito ruim. Marta, Cristiane e cia não conseguiam trabalhar a bola e viam as adversárias levarem perigo nas investidas.

Além de jogar mal, nada dava certo para as brasileiras, tanto que a melhor chance veio em um lance de azar da volante Alex Scott, que tentou afastar o perigo e acabou acertando a própria trave. Cristiane e Marta ainda tentaram de fora da área, sem sucesso.

No mais, um show de erros, como um chute de Cristiane a gol que parou nas costas de Marta. Melhor para as donas da casa, que correspondiam ao apoio vindo das arquibancadas.

Com mudanças na equipe, o Brasil voltou do intervalo marcando a saída de bola e quase empatou aos 4min, mas Bardsley fez boa defesa em chute de Renata.

Ainda assim, o Reino Unido seguia melhor e teve grande chance de ampliar aos 11min. Aluko foi derrubada por Francielle dentro da área, mas Smith bateu mal o pênalti e Andreia fez a defesa.

Marta era quem mais levava perigo ao gol das britânicas e parou na defesa de Bardsley, que era muito segura. Do outro lado, Andreia seguia sendo exigida e impediu que a derrota fosse elástica.