Publicidade
Entretenimento
Show

Serginho Queiroz apresenta show com clássicos da música brasileira e regional

Serginho prepara uma apresentação recheada de clássicos da contemporânea música brasileira e de grandes canções da cena musical do Amazonas. Zeca Baleiro, Nando Reis, Cássia Eller e outros sucessos da nova MPB estão no repertório 30/08/2012 às 08:57
Show 1
Cantor amazonense se apresenta na Tacacaria Parintins, que já prepara programação especial de aniversário
A Crítica Manaus, AM

No próximo domingo (02), a partir das 19h, a Tacacaria Parintins, no CSU do Parque 10, vai ser palco de mais um show do cantor Serginho Queiroz.

Serginho prepara uma apresentação recheada de clássicos da contemporânea música brasileira e de grandes canções da cena musical do Amazonas. Não haverá cobrança de ingressos ou couvert artístico.

Para a sócia da Tacacaria, Bruna Iannuzzi, a presença de Serginho Queiroz é mais um grande atrativo para quem adora degustar um bom tacacá ao sabor de uma atração musical.

“O Serginho Queiroz é um dos melhores cantores da cena local, seu repertório é antenado com o que de melhor rola na música brasileira atual”, declarou Bruna.

VOTAÇÃO NO FACE

A Tacacaria Parintins também prepara uma agenda de shows em comemoração ao seu aniversário. Segundo Bruna Iannuzzi, nomes da cena local estão sendo escalados para o período.

“Faremos uma semana de shows musicais para não deixar passar em branco o aniversário da casa, inclusive iremos abrir votação no facebook da Tacacaria para que o público aponte qual artista local gostaria de ver ou rever no palco da tacacaria”, informou.

A proprietária adiantou que um artista de renome nacional está nos planos mas, por enquanto nada está confirmado. “Temos uma ideia mas, irá depender dos patrocinadores”, despista.

A CASA

A Tacacaria Parintins é um espaço serve a iguaria genuinamente amazônica em dois estilos: o tacacá ao sabor Manaus e o tacacá ao sabor Parintins. Segundo a proprietária, a diferença está no tucupi: o estilo manauara traz um tucupi mais azedo, enquanto o parintinense é mais adocicado.

Outra opção ao gosto do cliente é a cebolinha que aromatiza a cuia, assim como a goma que pode ser “pouca ou muita”. Por outro lado, o camarão levemente salgado e o jambu são acompanhantes indispensáveis da iguaria amazônica.