Publicidade
Entretenimento
Vida

Sete projetos do AM foram selecionados no prêmio Movimento Hot Spot

Ao todo, o Amazonas teve 44 projetos inscritos em oito das 11 categorias. Entre os escolhidos está o “Versos tipográficos”, de Karine Marinho, estudante de Design da Fucapi de 19 anos. O trabalho reúne pôsteres com frases motivacionais escritas em tipografias diversas 20/12/2012 às 09:05
Show 1
A exposição do prêmio Movimento Hot Spot será realizada durante festivais que acontecerão em 10 cidades brasileiras
a crítica Manaus, AM

Sete projetos do Amazonas foram selecionados na primeira eliminatória do prêmio Movimento Hotspot (MHS), realizado pelo Ministério da Cultura (MinC) em parceria com as empresas Vale e Riachuelo. O MHS é um prêmio de inovação e criatividade que tem como objetivo identificar e expor nacionalmente novas idéias e talentos em diversas áreas de atuação.

Ao todo, o Amazonas teve 44 projetos inscritos em oito das 11 categorias. Entre os escolhidos está o “Versos tipográficos”, de Karine Marinho, estudante de Design da Fucapi de 19 anos. O trabalho reúne pôsteres com frases motivacionais escritas em tipografias diversas.

"Já há algum tempo eu coleciono frases desse tipo e decidi aliar isso ao meu interesse por tipografia”, explica a autora. Karine ficou sabendo do concurso por meio de um professor da faculdade e resolveu inscrever o seu trabalho. “Eu não esperava ser escolhida, nem acreditei quando vi”, conta ela.

Outro trabalho selecionado é a coletânea de ilustrações “Kopazes Word”, de Daniel Santi, 22, também do curso de Design da Fucapi. Os desenhos retratam personagens de sua autoria e foram feitos pelo ilustrador entre 2011 e 2012. “Eu estou muito feliz por ter sido selecionado, principalmente pela exposição do trabalho e pelos contatos que eu vou poder fazer”, diz Daniel, que já trabalha com ilustração e animação há dois anos.

Os criadores que foram escolhidos para a segunda fase serão exibidos em uma exposição itinerante que vai percorrer 10 cidades do Brasil. Durante as exibições, curadores especializados serão convidados para avaliar os trabalhos e selecionar os melhores para a terceira fase do prêmio.

Nessa etapa, os finalistas participarão de uma imersão de três semanas no Rio de Janeiro e em São Paulo, onde terão que realizar desafios e atividades individuais e em conjunto. Os vencedores das categorias Moda e Ideia terão seus projetos financiados, e os das demais categorias receberão um prêmio de R$ 10 mil.