Publicidade
Entretenimento
ENTRADA GRATUITA

Shopping de Manaus recebe exposição em comemoração ao Corpo de Bombeiros

Evento ocorre em comemoração aos 19 anos de emancipação da entidade no sábado (25) e domingo (26) 24/11/2017 às 15:28
Show cahcorro
Foto: Divulgação
acritica.com Manaus (AM)

O Shopping Ponta Negra sedia, durante este sábado (25) e domingo (26), a exposição do Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas (CBMAM) em comemoração aos 19 anos de emancipação da entidade. No espaço localizado no terceiro piso (L3), ao lado do Departamento de Trânsito do Amazonas (Detran-AM), estarão à mostra equipamentos utilizados nas ocorrências. Os militares estarão ainda prestando informações sobre projetos sociais, ferramentas e técnicas de salvamento. A entrada é gratuita.

Segundo a gerente de marketing do Shopping Ponta Negra, Karla Henderson, essa é uma oportunidade para os clientes do centro de compras conhecerem o trabalho desenvolvido pelo Corpo de Bombeiros. “Os militares estarão à disposição para dar mais informações sobre a instituição, a rotina da profissão e até dicas de cuidados e prevenções de acidentes, além de orientações sobre primeiros socorros”, informou.

Compõem a exposição equipamentos e material utilizados nas ocorrências de mergulho, busca e resgate com cães (áreas de selva, soterramentos, desabamentos, entre outras), salvamento em altura (locais de difícil acesso como edificações, em que são utilizadas técnicas de rapel e tirolesa), atendimento pré-hospitalar (acidentes de trânsito, vítimas de traumas, etc.) e combate à incêndio, com a demonstração de roupas especializadas, equipamentos de combate às chamas, entre outros itens. 

Emancipação da entidade

No dia 26 de novembro de 1998, por meio de Emenda Constitucional nº 31, o CBMAM foi emancipado da Polícia Militar do Amazonas (PMAM), tornando-se uma instituição independente tanto na parte administrativa quanto operacional, elevando-se ao mesmo nível das demais instituições que compõem o Sistema de Segurança Pública estadual. 

“Éramos um quartel e passamos a ser um Comando. Alguns Estados do Brasil já estavam nesse processo, aqui fazíamos reuniões com os oficiais de alto escalão. Na época, ainda como tenente, também participava dessas reuniões, visto que minha formação foi específica de Bombeiro Militar, e então consolidamos a ideia”, relembrou o comandante geral do Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas, coronel Mauro Freire.