Publicidade
Entretenimento
Buzz

Suposta pivô de separação de Bruno Gagliasso e Giovanna Ewbank nega exame de DNA

Em comunicado divulgado, representantes da modelo disseram que ela manterá sua posição quanto ao sigilo sobre a identidade do pai 21/06/2012 às 09:22
Show 1
Caroline Francischini
uol/celebridades ---

A modelo Caroline Francischini negou os rumores de que um exame de DNA confirmou que Bruno Glagliasso seja o pai de seu filho. Ela está grávida de 4 meses e é a suposta pivô da separação entre o ator e Giovanna Ewbank.

Em um comunicado divulgado nesta quarta (20), representantes da modelo disseram que ela manterá sua posição quanto ao sigilo sobre a identidade do pai. “A modelo opta por não revelar o pai, já que não tem uma relação com o mesmo e cuidará do bebê de forma independente,” diz a nota.

O comunicado ainda afirma que “as especulações que dizem que há dúvidas quanto a quem seria o pai, além de afirmações sobre a realização de exames de DNA, não são informações que correspondem com a realidade”.

Leia a íntegra do comunicado de Caroline Francischini:

"Caroline Francischini, grávida de 4 meses, informa que mantém sua posição quanto ao sigilo sobre o pai de seu filho.

Naturalmente por conta disso diversos nomes têm sido especulados por toda a imprensa, mas a modelo opta por não revelar o pai já que não tem uma relação com o mesmo e cuidará do bebê de forma independente.

As especulações que dizem que há dúvidas quanto a quem seria o pai, além de afirmações sobre a realização de exames de DNA, não são informações que correspondem com a realidade.

A modelo – atualmente em Miami – está feliz e busca tranquilidade durante sua gestação."

Assessoria de Bruno

Já a  assessoria de Gagliasso disse que ele “prefere preservar os motivos da separação com a atriz Giovanna Ewbank” e insiste que “a separação é amigável”. "Sobre as notas publicadas recentemente, comunicamos que, em respeito à boa relação que Bruno mantém com a imprensa, prefere preservar os motivos da separação com a atriz Giovanna Ewbank", diz a nota, que também afirma que o ator está no Rio de Janeiro e lá permanecerá para "tocar a agenda profissional", desmentindo uma suposta viagem aos EUA para encontrar com Francischini.

A confirmação da separação do casal veio na segunda (18), por meio dos assessores de Gagliasso."Eles se separaram, mas continuam amigos", disse a assessoria. Os atores se casaram em março de 2010, em uma cerimônia realizada em Itaipava, na região serrana do Rio de Janeiro.