Publicidade
Entretenimento
Vida

Teatro Amazonas é palco da escolha das primeiras finalistas do 'Menina Fantástica'

O desfile aconteceu no teatro Amazonas, cartão postal da capital amazonense, liderado pela apresentadora do fantástico Renata Ceribelli e por um time de jurados, inclusive a vencedora do concurso de 2010, Tayná Carvalho 21/10/2012 às 21:25
Show 1
Giovanna é filha de amazonense do município de Manicoré interior do Estado e de pai com descendência alemã
Aline Cabral Manaus

O teatro Amazonas foi palco da escolha das duas finalistas do concurso Menina Fantástica na Região Norte. Uma das escolhidas foi Giovanna Prado, de 18 anos, que garantiu uma vaga na próxima etapa do concurso que irá eleger a nova top model do Brasil. 

O desfile aconteceu no teatro Amazonas, cartão postal da capital amazonense, liderado pela apresentadora do fantástico Renata Ceribelli e por um time de jurados, inclusive a vencedora do concurso de 2010, Tayná Carvalho, além de Raphael Garcia da Mega Model e Geyna Brelaz. A escolha foi certa e das 10 meninas apenas duas ganharam o passaporte para a nova fase: Giovanna Prado e Amanda de França.

Giovanna Prado, de 18 anos, de 1.78 de altura, disse estar feliz com resultado. Ontem além das visitas para o programa, ela passou à tarde com a família da mãe no Dom Pedro, Zona Oeste da cidade. Esbanjando simpatia e humildade, Giovanna diz estar preparada para a próxima fase. “É um momento único e uma experiência incrível. Eu estou muito feliz e vou com tudo para a próxima fase. Tenho fé e acredito que tudo vai dar certo”, declarou a jovem.

Giovanna é filha de amazonense do município de Manicoré interior do Estado e de pai com descendência alemã. Ela já trabalha como modelo há dois anos e teve experiência internacional de seis meses em Cingapura e Bangkok, na Tailândia.

“É um momento único e uma experiência incrível. Eu estou muito feliz e vou com tudo para a próxima fase”, diz ela.

Sobre o sonho de ganhar a Menina Fantástica, Giovanna confessa: “Ia mudar muita coisa, esse concurso abre muitas portas. Não adianta eu viajar trabalhar como modelo e não ficar famosa. Se eu ganhar o dinheiro também ia ajudar. “Penso em investir nos estudos e poder cursar uma faculdade de medicina”.

A outra finalista foi Amanda de França, que disse estar feliz com o resultado. “Eu realmente não esperava. Estou muito feliz”, disse Amanda.

Ao todo, mais de um milhão de meninas se inscreveram para o concurso. Dessas, apenas 50 serão escolhidas para a próxima etapa. Apenas 10 vagas estarão disponíveis na fase final.