Publicidade
Entretenimento
Vida

Tendinite patelar: aprenda como evitar

Uma das mais comuns lesões no joelho de corredores está ligada ao treino inadequado e ao desequilíbrio muscular 25/02/2014 às 10:29
Show 1
Segundo especialista, esportes de impacto podem lesionar seriamente, principalmente os joelhos
acritica.com ---

Começa com uma dorzinha esporádica, que se repete sempre no fim dos treinos. Mais adiante passa a incomodar logo no início da atividade física e segue atrapalhando na medida que a quilometragem aumenta. No fim, ações simples como subir ou descer escadas viram tarefa do outro mundo. O diagnóstico provável: tendinite na patela, o osso que protege a articulação do joelho. 
 
A lesão no joelho que, por vezes, passa despercebida na fase inicial, é uma das mais comuns entre os corredores de rua. “Um problema que está ligado ao treino inadequado, ao aumento repentino de intensidade e ao desequilíbrio muscular”, explica o Leandro Hadlich, coordenador da HP Sports Assessoria Esportiva, 
 
Os primeiros sintomas da inflamação, denominada de “joelho de saltador”, é um incômodo que começa com leves pontadas na parte inferior do joelho. A dor, porém, tende a desaparecer com o repouso, camuflando a contusão. O corredor imagina que está bem, mas o problema ainda pode estar lá.
 
Para isso, Hadlich dá dicas do que se deve fazer para evitar as lesões de patela. “Às vezes a pessoa está jogando força a mais para uma perna do que para outra e não percebe. Isso pode facilitar o aparecimento de uma tendinite”, explica, lembrando que treinamentos funcionais são os mais indicados. 

Segundo coordenador da HP Sports, outro aspecto facilitador é a escolha do tênis, que deve ser feita de acordo com a pisada (para fora, para dentro ou neutra). “O teste da pisada é muito importante para que uso de tênis inadequado seja uma facilitador de lesões, além da consulta ao médico ortopedista já nos primeiros sintomas”, recomenda.