Publicidade
Entretenimento
Vida

Turismo: Miami tem novos atrativos para o brasileiro ver

Novas áreas em evidência reforçam o leque de atrativos do balneário preferido dos brasileiros que viajam aos Estados Unidos 16/12/2012 às 14:22
Show 1
Torres iluminadas na Biscayne Avenue são um show na noite
ROGÉRIO PINA ---

Miami é resultado de mistura interessante. É americana e também latina; praiana e cosmopolita. O clima da região – classificado de subtropical – garante sol praticamente o ano inteiro e mesmo nesta época do ano, inverno no Hemisfério Norte, a temperatura não chega a assustar – fica na casa dos 26ºC.  A cidade tem festivais, ótima gastronomia, feiras internacionais e uma agitada vida noturna, além, é claro, da grande oferta para a palavra mágica que encanta também os amazonenses – compras!

Com essas características, a cidade mais famosa da Flórida continua sendo o destino preferido do brasileiro que vai aos Estados Unidos – mesmo para quem é um visitante frequente, Miami continua apresentando novidades.

Uma delas é o chamado Miami Design District, onde se destaca a área de Wynwood, com galpões revitalizados que agora abrigam galerias e locais para exposição de artes. É ali também para onde algumas grifes internacionais estão de mudança.

Ideal para passear, a região de South Beach (rebatizada SoBe) tem, além dos prédios coloridos art déco da Ocean Drive, as avenidas Collins e Washington, e agora a New World Symphony’s Orchestral Academy – edificação lindíssima cujo projeto é assinado pelo badalado arquiteto Frank Gehry  e que vale uma visita.

Outra nova área em evidência em South Beach é o chamado South Pointe, em uma das pontas do Art Déco District, que abriga um pequeno parque e de onde se avista a exclusiva Fisher Island – a ilha dos ultrarricos e famosos. Pois no lado “de cá” do continente é possível curtir uma boa caminhada ou corrida e, sem pressa, alugar uma bicicleta na Decobike (www.decobike.com), que tem inúmeras estações para devolver ou retirar uma bike – é possível passear pelo calçadão da Ocean Drive e pela Lincoln Road, ou seguir pela Collins até a área do hotel Fontainebleau, em direção ao norte da cidade.

Quem passa pelo chamado Downtown, o centro financeiro com cara de bairro tranquilo, pode conferir os novos edifícios que compõem o skyline da cidade – se preferir pode pegar o trenzinho que percorre a área em trilhos suspensos; por não ser transporte de massa, é gratuito.

CALÇADÃO FAMOSO

Outro ponto culminante da efervescência de South Beach é a região da Lincoln Road, uma travessa das avenidas Collins e Washington. O movimento ali é intenso no calçadão entre as ruas 16 e 17, com belos prédios art déco, caso do Lincoln Theatre. De dia, a Lincoln Road é um centro de compras bem bacana, com butiques chiques – incluindo uma filial da brasileira Osklen –, uma bela livraria Taschen e uma Apple Store, entre vários outros atrativos.

Para comer, a Lincoln Road tem inúmeras opções de restaurantes, quase todos com mesas no calçadão. Boa novidade, o Juvia fica no número 111,no topo de um prédio de onde se avista o mar e a orla de South Beach – o ideal é ir à noite, quando o cenário ganha mais charme e a área externa do restaurante fica disputada, ao som de ótima trilha lounge com DJ.

À noite há também bares agitados na Lincoln Road, para toda clientela, incluindo o Mova, gay friendly, com DJ toca tudo.

Compras

Não se pode perder a oportunidade de ir a Miami e não dar uma conferida em um shopping. Além do Bal Harbour, o exclusivo centro comercial das grifonas poderosas e caríssimas, a boa opção para o público A é o Aventura Mall, que reúne marcas americanas e europeias, além de loja da Apple e os grandes departamentos – foi ampliado e já é o segundo shopping mais visitado em todos os Estados Unidos.

Uma alternativa para compras é o Dolphin, próximo ao aeroporto de Miami, com um leque de marcas bem variadas – que são encontradas em shoppings como o Aventura – e também lojas de eletrônicos.

Miami também é a cidade das acomodações de primeira classe. É o caso do Grand Beach Hotel, novo endereço hoteleiro na Collins Avenue – é um hotel boutique com serviços de primeira.

* O repórter viajou a convite da Amazon Explorers e da American Airlines.