Publicidade
Entretenimento
Suplementos alimentares

Uso de suplemento alimentar só com prescrição médica

Uso indiscriminado de suplemento alimentar pode causar sérios riscos à saúde 24/10/2012 às 19:40
Show 1
O médico William Fabiano procurou um nutricionista para saber exatamente qual suplemento e em que quantidade deveria usar
Felipe de Paula Manaus

Nove entre dez praticantes de musculação recorrem a suplementos alimentares. Quem diz é o personal trainer da Companhia Athlética, Rogério Chaves, que vê com preocupação a generalização do uso dos suplementos sem prescrição médica nas academias, devido aos riscos potenciais que dosagens equivocadas podem causar à saúde.

Para o endocrinologista Mario Quadros, os suplementos alimentares podem exercer uma função importante de fornecimento e reposição de energia ao corpo, no entanto, se mal administrados, podem causar sérios riscos à saúde e inverter os resultados desejados.

 “O carboidrato, por exemplo, pode se transformar em açúcar e aumentar a glicose no sangue, enquanto a proteína pode se transformar em gordura, aumentando o colesterol e triglicerídeo”, explica, aconselhando o praticante de atividade física a procurar um médico para realizar exames de rins e fígado, que são órgãos potencialmente afetados no caso de um mau uso dos suplementos.

O médico William Fabiano Silva malha cerca de uma hora por dia, além de jogar vôlei nos finais de semana. Ele usa três tipos de suplemento - duas proteínas e um aminoácido - mas conta que, apesar de sua formação, procurou um especialista da área de nutrição antes de começar a usar os compostos. “Eu já conhecia os suplementos, mas, antes de começar a usar, sabia que deveria ir ao nutricionista”, contou ele.

A empresária Valéria Matos, por sua vez, tem uma loja nas dependências de uma academia, onde malha todos os dias. Ela diz que costuma recorrer a suplementos, mas não com demasiada frequência, até porque, ela admite, não fez uma consulta ao endocrinologista ou nutricionista. Apesar disso, ela mantém o corpo sarado, mas sem deixar a saúde de lado.


Nutrição

Para a nutricionista Rita Monteiro, os nutrientes presentes nos suplementos, quando isolados e concentrados, podem gerar uma ação farmacológica no corpo, cujos efeitos colaterais muitas vezes são desconhecidos. Segundo ela, também há de haver cuidado em que tipo de substância prescrever. “Eu procuro prescrever somente aqueles que têm trabalhos científicos que respaldem seu uso e que não tenham efeitos colaterais”, aponta.