Publicidade
Entretenimento
Buzz

Venda de ingressos para show de Madonna em Porto Alegre é suspensa

A produtora do evento vai buscar os recursos legais para reverter a ordem do Procon 26/04/2012 às 07:36
Show 1
Madonna
UOL/MÚSICA ---

A venda de ingressos de show de Madonna em Porto Alegre, que começariam na meia-noite de quinta (26), foi suspensa pelo Procon nesta quarta-feira (25). A produtora do evento vai buscar os recursos legais para reverter a ordem do Procon.

A Time For Fun foi notificada por não cumprir três das quatro exigências do Procon: aplicação da lei da meia entrada para estudantes e idosos, suspensão da taxa de conveniência, informação sobre a quantidade de ingressos disponíveis para venda e pré-venda e divulgação do nome da banda de abertura. Apenas a questão da meia-entrada foi resolvida.

A pré-venda para o show de Madonna em Porto Alegre começou nesta quarta-feira apenas para clientes Ourocard, e teria início a partir de meia-noite de quinta pelo site da Tickets for Fun e às 9h da manhã pelo telefone.

As vendas para a apresentação em São Paulo começaram no dia 23, após também serem suspensas pelo Procon. A nova turnê de Madonna vai passar pelo Brasil em dezembro, no dia 1º no Rio de Janeiro, no Parque dos Atletas; dia 4 em São Paulo, no Estádio do Morumbi; e dia 9 em Porto Alegre, no Estádio Olímpico.

Valores dos ingressos

No Rio os ingressos começam a ser vendidos no dia 4 de maio e custam R$ 200 (setor laranja), R$ 360 (pista) e R$ 850 (pista premium). Em São Paulo, as entradas estão à venda por R$ 170 (arquibancada laranja), R$ 280 (arquibancadas azul e vermelha), R$ 300 (arquibancada especial), R$ 360 (pista), R$ 460 (inferior A e B), R$ 500 (superiores 1, 2, 3 e 4) e R$ 850 (pista premium).

Em Porto Alegre os ingressos saem por R$ 120 (arquibancada lateral), R$ 300 (arquibancada), R$ 360 (pista), R$ 550 (cadeira superior) e 800 (pista premium). Fernando Alterio, presidente da Time For Fun, atribuiu o alto preço dos ingressos dos shows ao acesso fácil às carteirinhas de meia-entrada. Durante coletiva, Alterio afirmou que a empresa é obrigada a aumentar o preço do ingresso já que, desde o ano passado, não há mais cota fixa para meia-entrada.

"Antes, podíamos disponibilizar apenas 30% dos ingressos para meia-entrada, mas agora não tem mais isso. Recentemente, alguns espetáculos chegaram a contar com 80% dos ingressos vendidos com desconto. Quanto mais gente paga metade, maior o valor do ingresso", justificou. Fernando ainda admitiu que o preço é distorcido e que muitos pagam alto por não terem acesso às carteirinhas. "A gente sabe que é injusto, mas é a realidade do nosso mercado", afirmou Alterio. Segundo ele, cabe aos governantes limitar a quantidade desse tipo de entrada.

Questionado sobre o preço alto também em Porto Alegre, cidade que não oferecerá meia-entrada para os shows, Alterio disse que o valor é alto no local porque a capacidade de público do Estádio Olímpico é menor. O estádio do Morumbi, em São Paulo, tem capacidade para 70 mil pessoas. O Parque dos Atletas, no Rio, pode receber público de até 90 mil e o estádio Olímpico, em Porto Alegre, tem capacidade para 43 mil pessoas.

Turnê começa em Tel Aviv

A nona turnê de Madonna começa no dia 29 de maio em Tel Aviv. Depois segue para Abu Dabi, Istambul e Zagreb no dia 11 de junho. A cantora se apresentará no verão europeu em 26 cidades, indicou a produtora Live Nation. Ela fará apresentações em Barcelona, Londres, Berlim, Amsterdã, Moscou e Oslo (nesta cidade no dia 15 de agosto, véspera de seu 54º aniversário).

Madonna cantará na França no dia 14 de julho, no Stade de France, e no dia 21 de agosto em Nice (sul do país). A rainha do pop voltará depois para os Estados Unidos para iniciar pela Filadélfia shows em 26 cidades, viajando em seguida para a América do Sul e a Austrália. Serão ao todo 90 shows.