Publicidade
Entretenimento
Buzz

Viúva de Chico Anysio alegra despedida ao humorista

Durante o ato, a família prestou várias homenagens ao ator, morto na sexta-feira, 23, após falência múltipla dos órgãos. Elano, o irmão mais velho de Chico, foi o primeiro a falar. Em seguida, o frei Jonathan confortou os presentes com palavras positivas 25/03/2012 às 14:36
Show 1
Malga di Paula (40), viúva do humorista, foi a última se pronunciar. Ela contou coisas engraçadas do cotidiano do casal e, com isso, chegou a arrancar risos de quem acompanhava a cerimônia
UOL Celebridades Manaus

O corpo do humorista Chico Anysio (1931-2012) foi cremado no cemitério do Caju, no Rio de Janeiro, neste domingo, 25, em cerimônia que durou cerca de uma hora.

Durante o ato, a família prestou várias homenagens ao ator, morto na sexta-feira, 23, após falência múltipla dos órgãos. Elano, o irmão mais velho de Chico, foi o primeiro a falar. Em seguida, o frei Jonathan confortou os presentes com palavras positivas.

Amigos e familiares beijaram a testa de Chico Anysio ao som de algumas canções, entre elas, A Noite do Meu Bem.

Malga di Paula (40), viúva do humorista, foi a última se pronunciar. Ela contou coisas engraçadas do cotidiano do casal e, com isso, chegou a arrancar risos de quem acompanhava a cerimônia."Estou mais forte do que pensei. De certa forma, a cerimônia foi uma manifestação de várias crenças. Mas a cerimonia em si foi comandada por um frei franciscano porque o Chico falava que era um franciscano. É muito estranho falar isso, mas foi lindo. As cortinas de veludo foram fechadas. O show acabou muito bem", descreveu, acrescentando que, agora, tem o projeto de inaugurar o Instituto Chico Anysio.

"Estou abrindo o Instituto Chico Anysio para apoiar o tratamento do enfisema e o projeto de um cientista paulista chamado João Tadeu. O estudo dele está próximo da cura do enfisema com células tronco. Só falta basicamente o dinheiro. Chico vai ajudar cerca de 250 milhões de pessoas no mundo que sofrem desse mal", completou Malga.

Segundo a viúva, Eduardo Paes, prefeito do Rio de Janeiro, confirmou que, na Barra, uma famosa curva passará a se chamar Curva Chico Anysio.