Publicidade
Especial
30 anos de qualidade

Ciesa investe no desenvolvimento de estratégias de acesso ao ensino superior

Atualmente, de acordo com a coordenadora de Pós-Graduação do Ciesa, Solange Almeida Silvio, o centro universitário atua nas áreas de conhecimento das Ciências Sociais Aplicadas e Tecnológicas 13/11/2016 às 06:00
Show ciesa
Centro atua nas áreas de conhecimento das Ciências Sociais Aplicadas e Tecnológicas (Foto: Divulgação)
acritica.com Manaus (AM)

Este ano, o Centro Universitário Ciesa completou 30 anos. É a instituição de ensino superior privada mais antiga do Amazonas. Localizado no Centro da Amazônia Ocidental, o Ciesa reconhece a importância da região e de ser um polo de desenvolvimento da fronteira econômica em que está inserido, contribuindo para a formação profissional e científica de sua comunidade.

Atualmente, de acordo com a coordenadora de Pós-Graduação do Ciesa, Solange Almeida Silvio, o centro universitário atua nas áreas de conhecimento das Ciências Sociais Aplicadas e Tecnológicas e, para concretizar suas finalidades e missão, atua nas atividades acadêmicas de ensino de graduação e pós-graduação, na modalidade presencial, de pesquisa, de extensão e de prestação de serviços.

Qualidade no ensino

A qualidade do ensino é o principal destaque da instituição, que conta com um corpo docente altamente qualificado e bem preparado, além de terem um currículo acadêmico com bastante experiência no mercado de trabalho. “Vale ressaltar também que eles sempre ensinam valorizando a parte pessoal, ensinando a liderança de uma forma mais humana e responsável. Pensando no próximo e cultivando um bom ambiente de trabalho, buscando sempre uma forma ética”, disse Solange.

A coordenadora revela que o foco das propostas pedagógicas do Ciesa é sempre objetivando desenvolver estratégias para a ampliação das oportunidades de acesso ao ensino superior por meio de novos cursos e de financiamento à populações menos abastadas. “80% dos nossos professores são mestres e doutores”, salienta.

O calendário acadêmico do Ciesa, dentro de 1 ano, oferece várias programações extracurriculares para os alunos, com programas de nivelamento, workshop, concurso do júri simulado, mesas redondas, seminários, amostra de iniciação cientifica, congressos internacionais, entre outros.

 Para 2017, o Ciesa traz benefícios especiais para seus alunos. Conforme Solange, nos cursos de graduação há a concessão de descontos que variam dependendo do turno do curso. Nos cursos de Pós-graduação, será mantido para os alunos que se matricularem até o dia 30 deste mês o mesmo valor da mensalidade de 2016 com o desconto de 20% nas parcelas mensais.

Saiba+

O Ciesa tem as mensalidades entre as mais competitivas do mercado. Os cursos de bacharelado e licencia-tura contam com men-salidades a partir de R$ 380; cursos tecnológicos, tem mensalidades a partir de R$ 385; já nos cursos de pós-gradua-ção, a men-salidades é a partir de R$ 297,50. Para outras informações: 3651-1013 ou http://www.ciesa.br/

Mestrado em Direito

No último dia 4, o Centro Universitário Ciesa recebeu a aprovação, pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), para o  novo Mestrado em Direito Público (Minter) que será realizado em parceria com a Universidade de São Paulo (USP). 
 
“Participamos no início do ano de uma chamada pública na USP, concorrendo com instituições de todo o Brasil, incluindo a Universidades Federal do Amazonas (Ufam) e a Universidade do Estado do Amazonas (UEA) para realizarmos o programa de mestrado em parceria com a USP. Em abril de 2016, saiu o resultado que nosso projeto tinha sido selecionado pela USP. Assinamos a parceria e encaminhamos o projeto para a Capes que autorizou a realização do curso”, explicou o reitor do Ciesa, Luiz Antônio  Campos Corrêa, ressaltando a importância desse vitória para a instituição e também para a cidade.

A partir de dezembro, conforme Corrêa, se iniciará a seleção do programa. “O programa representa uma enorme conquista para a região, considerando que tem nota 6 pela Capes (numa escala máxima de 7) e ainda será titulado por uma das melhores Universidade da América Latina”, destaca o reitor.