Publicidade
Especiais
Especiais

Compromisso honrado para sempre

O texto de abertura deste caderno especial, comemorativo dos 63 anos de A CRÍTICA, é um extrato de um editoral de primeira página publicado em 1994 e assinados pelo jornalista Umberto Calderaro Filho, fundador de A CRÍTICA 19/04/2012 às 12:38
Show 1
A Crítica de Umberto Calderaro
Jornal A Crítica Manaus

O texto de abertura deste caderno especial, comemorativo dos 63 anos de A CRÍTICA, é um extrato de um editoral de primeira página publicado em 1994 e assinados pelo jornalista Umberto Calderaro Filho, fundador de A CRÍTICA. Para além de uma declaração de amor ao seu povo, ao seu Estado, ele é um líbelo em favor de uma Manaus que tanto precisava de seus filhos num momento de extrema dificuldade.

Naquelas poucas linhas Umberto Calderaro estabeleceu as diretrizes que até os dias atuais, quando sob a presidência de Ritta de Araújo Calderaro, tratamos de seguir sem tomar desvio algum.

“O jornal, na nossa família, sempre esteve em primeiro lugar. Desde os tempos do Umberto, tudo era para o jornal. E o jornal era para a cidade. Ele embutiu isto na minha cabeça e na da Cristina (Calderaro). E agora este pensamento é que guia também, como uma estrela, os meus netos. E a nossa direção sempre foi servir da melhor maneira possível aos nossos leitores e ao nosso Estado”, testemunha dona Ritta.

Hoje reforçamos a máxima que ostentamos, cotidianamente, na primeira página: somos um jornal “De mãos dadas com o povo”. Erámos assim naquele longínquo 19 de abril de 1949, quando, com uma pequena rotativa emprestada, A CRÍTICA passou a ter circulação regular e ininterrupta.

“De mãos dadas com o povo” estávamos também quando Umberto Calderaro criou o “Peladão”, bancou o “Carnaval do Povo” e realizou as primeiras coberturas do Festival de Parintins. “De mãos dadas com o povo” ainda permanecemos hoje quando A CRÍTICA capitaneia uma rede, a Rede Calderaro de Comunicação, com a marca de seu fundador, a marca da ousadia empresarial, ora demonstrada com o projeto Londres.

É “De mãos dadas com o povo” que a RCC criou um portal de internet completo, moderno e ágil. Agora é com as mãos firmemente atadas ao povo que Calderaro tanto amou – e ensinou os seus a amar – que o jornal se reiventa, cria história e oferece nas próximas páginas uma leitura que bem poderia ser uma carta de compromisso com a cidade. As soluções estão aqui, basta agora querermos implementá-las.

A Critica de Manaus

Para produzir a edição especial de aniversário do Jornal A Crítica, a RCC promoveu debates com personalidades e especialistas de Manaus sobre temas como infraestrutura, Centro Histórico, problemas do trânsito, qualidade do transporte coletivo, emprego e renda, abastecimento de água, saúde pública, educação, arquitetura, urbanismo e a Manaus do futuro, além de assuntos importantes para a sociedade, como segurança pública e qualidade de vida

A edição de aniversário do Jornal A Crítica, nesta quinta-feira, também traz uma pesquisa encomendada pela RCC à Action Pesquisas de Mercado sobre os anseios da população manauara e uma entrevista com o diretor da Action e responsável pela enquete, Afrânio Soares.