Publicidade
Especiais
Especiais

Comunicação empresarial: Na onda dos sites mobile e aplicativos

Disseminação de smartphones como forma de acesso à Internet impulsiona produção de sites mobile e aplicativos. Especialistas apontam tendência irreversível. 02/12/2012 às 16:18
Show 1
Empresas da Rede Calderaro foram pioneiras em seus segmentos ao lançar aplicativos para dispositivos móveis
Jornal A CRÍTICA Manaus (AM)

O avanço dos smartphones no País torna cada vez mais estratégico para as empresas o investimento em sites mobile, adaptados para navegação nas telas dos telefones. Em Manaus, porém, enquanto algumas companhias lançam sites pioneiros, a grande maioria permanece fora da tendência. Essa postura é arriscada. Pesquisas apontam que 63% dos internautas que procuram o site de uma empresa pelo celular, e não o encontram, acham que perderam tempo; 50% ficam com a impressão que a empresa não se importa com seus clientes.

Por meio dos smartphones, empresas podem estreitar o relacionamento com clientes usando sites mobile - versões compactas da página para desktops e notebooks -, ou aplicativos, que têm a vantagem de oferecer maior interação e funcionalidades exclusivas. O coordenador do Núcleo de Estudos em Computação da Ficapi, Carlos Maurício Figueiredo, ressalta que, por essas razões, as empresas têm dado preferência aos aplicativos.

Nesse cenário, as rádios Jovem Pan Manaus e Nova A Crítica FM, e o site de compras coletivas Tambaqui Urbano - integrantes da Rede Calderaro de Comunicação (RCC) - são pioneiros em seus segmentos. As empresas lançaram seus aplicativos para smartphones e tablets no ano passado e já contabilizam milhares de downloads.

O consultor Arnaldo Rocha, da Neotrends Consultoria em Marketing e Inovação, avalia que, apesar do atraso do empresariado local em aderir à onda, a presença virtual das empresas em dispositivos móveis, seja por meio de sites mobile, seja por meio de aplicativos, já está no início de um processo de massificação. Entre os clientes da Neotrend, pelo menos 25% acessam a Internet por dispositivos móveis.

“Vai crescer muito e de forma acelerada. Hoje, muitos novos internautas têm seu primeiro contato com a Internet por meio do telefone celular”, comenta, acrescentando que fatores como a melhora na conexão por conta da Copa de 2014 devem impulsionar a tendência.

25por cento Parcela dos clientes da Neotrends que acessa a web por dispositivos móveis4,1milhões Número de linhas ativas de telefone celular no AM, o que dá 1,1 aparelho por habitanteDivulgaçãoEmpresas da Rede Calderaro foram pioneiras em seus segmentos ao lançar aplicativos para dispositivos móveis

Soluções acessíveis

A presença digital por meio de sites mobile está cada vez mais acessível a empresas de todos os portes. Se a função do site for apenas a de “cartão de visitas” online, uma solução simples como a oferecida pela Locaweb já resolve. A empresa disponibilizou um criador de sites mobile onde qualquer um pode montar o seu a partir de modelos editáveis. A maioria das empresas de desenvolvimento de sites já oferece aos clientes a opção de ter uma versão mobile, que identifica quando o acesso parte de um celular e direciona o internauta para o site mais adequado.

As concessionárias do Grupo Simões: Murano, Monttana e Shizen Veículos lançaram recentemente versões de seus sites para smartphones e tablets. Para a empresa, a medida era inadiável diante da popularização dos smartphones, aumento do uso do 3G e acesso facilitado ao Wi-Fi.

O caso dos aplicativos é um pouco mais complexo pois exige inovação. Poucas empresas em Manaus desenvolvem esse tipo de produto. É o caso da DR2 Mobile, que construiu os aplicativos da RCC.