Publicidade
Especiais
Especiais

Ferramentas digitais de ensino são tendências irreversíveis

Atenta a essa realidade, a empresa amazonense Alliance, especializada em cursos de inglês, consultoria linguística e tradução, lançou, no final de 2011, o E-Teacher 04/06/2012 às 15:51
Show 1
Carlos Martins, da Wizard – rede social para dinamizar o aprendizado
Joubert Lima Manaus (AM)

Ao que tudo indica, as aulas online são uma tendência irreversível, mesmo para as escolas presenciais, que vêm oferecendo conteúdos na Internet como suporte ao curso regular. Atenta a essa realidade, a empresa amazonense Alliance, especializada em cursos de inglês, consultoria linguística e tradução, lançou, no final de 2011, o E-Teacher, uma ferramenta digital que permite o aprendizado de cada aluno no seu próprio ritmo.

Por meio da plataforma, é possível fazer teste de nivelamento online para direcionar ao nível mais adequado de treinamento, que é feito por meio de vídeos, jogos interativos, exercícios de pronúncia e compreensão auditiva entre outras atividades.

Um dos grandes diferenciais em relação a outros cursos na web é o custo. A modalidade básica, sem aulas ao vivo e tutor, custa R$ 360; enquanto a média no mercado para cursos equivalentes é superior a R$ 1,5 mil.

O empresário Durval Braga Neto, da Alliance, afirma que o lançamento da ferramenta digital faz parte do reposicionamento estratégico da empresa. Os principais clientes da Alliance são empresas do Polo Industrial de Manaus (PIM), como Sony, Coca-Cola, Honda, Philips, Samsung, entre outras, interessadas em qualificar seus colaboradores. Com o E-Teacher, a empresa, que atua em plataforma híbrida, amplia expressivamente sua capacidade de atendimento.

Mesmo as grandes franquias de idiomas baseadas em aulas presenciais têm se esforçado para não ficar de fora da onda digital. A Wizard, por exemplo, criou, no ano passado, a We Speak, uma rede social exclusivamente para a prática da língua inglesa voltada para alunos e demais interessados. Além de aulas e exercícios, os participantes podem tirar dúvidas em inglês com professores por meio de chat.

Já a rede Cultura Inglesa oferece o e-Campus, plataforma de ensino que complementa o aprendizado dos alunos matriculados nos cursos regulares. As atividades estão relacionadas ao conteúdo ministrado nas unidades físicas e somente alunos podem contar com acesso irrestrito. Mas quem não é aluno também pode se cadastrar e aproveitar gratuitamente parte do conteúdo.

Veja também: Cursos de inglês online ganham força na internet