Publicidade
Especiais
Especiais

Garantido faz ensaio técnico e lota curral vermelho

Os ensaios técnicos são a oportunidade que as associações folclóricas têm de acertar os últimos detalhes com vistas ao festival, principalmente quanto a fatores vitais à disputa do título, como a cênica e o conjunto folclórico, além da afinação dos ritmistas da Batucada vermelha e branca visando uma boa evolução na arena do Bumbódromo 25/06/2012 às 23:32
Show 1
Sebastião Júnior no ensaio técnico do Garantido em Parintins
Paulo André Nunes Parintins (AM)

Passos marcados e ritmos cadenciados no Curral Lindolfo Monteverde deram a tônica, nesta segunda à noite, ao primeiro dos três ensaios técnicos de arena do Boi Garantido visando as apresentações dos dias 29 e 30 de junho e 1º de julho no 47º Festival Folclórico de Parintins (a 325 quilômetros de Manaus). A atividade iniciou às 22h20 e se estenderia até por mais 2h30 de duração.

Os ensaios técnicos são a oportunidade que as associações folclóricas têm de acertar os últimos detalhes com vistas ao festival, principalmente quanto a fatores vitais à disputa do título, como a cênica e o conjunto folclórico, além da afinação dos ritmistas da Batucada vermelha e branca visando uma boa evolução na arena do Bumbódromo.

O Garantido vai apresentar durante o festival o tema “Tradição”. Nesta terça, o ensaio do segundo dia acontece no Bumbódromo, a partir das 20h, junto com a passagem de som. Na quarta é a vez de quase tudo que foi ensaiado para o terceiro dia ir ao “teste final” novamente na Cidade Garantido.


O ensaio foi iniciado com a tradicional contagem conduzida pelo apresentador oficial Israel Paulain. No tambor principal, o ritmista Reque Monteverde, neto de Lindolfo Monteverde, foi o responsável pelos primeiros rufares da Batucada encarnada. Em seguida, foi a vez do levantador oficial Sebastião Júnior começar a animar a galera com a toada “Meu Coração é Garantido”, composição dele próprio e que está no CD oficial do Boi vermelho e branco. Todos os itens oficiais estavam presentes, inclusive Denildo Piçanã, que é o tripa do Garantido,o responsável por encarnar o boi na hora da evolução.

Outro ponto de destaque na noite de ontem foram as coreografias da torcida organizada Comando Garantido, com a participação de três mil componentes esbanjando alegria e vibração.

Vários torcedores e simpatizantes do boi vermelho e branco prestigiaram o empenho dos brincantes da associação folclórica da Baixa do São José, a apenas cinco dias do “maior espetáculo da terra”.


O coordenador da Comissão de Artes do Garantido Fred Góes, salienta que “o ensaio técnico reflete os meses de planejamento e ações práticas da associação folclórica” e que a “ansiedade é um sentimento comum aos integrantes do bumbá com a aproximação do festival e que, “apesar das dificuldades as equipes de galpão cumpriram o cronograma estipulado pela Comissão de Artes e tudo está dentro do planejado", disse. 

Para o presidente Telo Pinto, é o momento de análise todos os processos de apresentação. O dirigente aposta que o sentimento de garra e a busca pela superação vão levar o Garantido a mas um título no festival. Ele fez um agradecimento aos artistas que apesar de tudo, mostraram compromisso e amor com o Boi da Tradição.

Boto Tucuxi

O Garantido teve um reforço de peso, ontem. Quarenta integrantes do grupo folclórico Boto Tucuxi, que disputa com o Boto Cor de Rosa o Festival do Çairé, em Santarém, fizeram uma prévia do que vão apresentar na primeira noite do boi.