Publicidade
Especiais
Especiais

Kaiser anuncia, na Holanda, lançamento que “transforma” cerveja em chopp

O resultado (produto) chega aos supermercados esta semana. Campanha publicitária começa a ser veiculada em meados de maio 12/04/2012 às 10:43
Show 1
Na disputa pela liderança no mercado a Kaiser Barril, chega com embalagem de quatro litros que “transforma” a cerveja em chopp.
ARUANA BRIANEZI AMSTERDAM, HOLANDA

A Kaiser anunciou nesta quarta-feira (11), em Amsterdam, na Holanda, a estratégia de lançamento do Kaiser Barril, embalagem com quatro litros que “transforma” a cerveja em chopp. Manaus, que está na lista dos quatro maiores mercados da Kaiser no Brasil, terá direito ao “pacote completo”: ação com degustação nos pontos de venda e mídia avulsa. O produto chega aos supermercados esta semana.  A campanha publicitária começa a ser veiculada em meados de maio.

“Em Manaus estamos na disputa pela liderança no mercado. A cidade integra nosso ‘top 4’, e está entre os maiores mercados consumidores de Kaiser junto com Curitiba, Porto Alegre e Belo Horizonte”, explica a diretora de Marcas da Heineken Brasil, Mariana Stanisci. Segundo ela, este é o maior lançamento da Kaiser no ano econcretiza a relação cada vez mais próxima da marca com a Heineken, que há dois anos adquiriu a Kaiser e desde então trabalha no aprimoramento da qualidade do produto.

O sistema de pressão do Kaiser Barril foi desenvolvido pela Heineken há um ano e esta é a primeira vez que uma cerveja, fora da Europa, usa a tecnologia. A embalagem é plástica (PET) e usa um sistema de pressãoparecido com os de desodorante aerosol para “tirar” a cerveja, formando uma espuma e deixando-a com características de chopp.

Desde dezembro, as encomendas da Kaiser ocupam metade do tempo da linha de produção deste tipo de barril na fábrica Den Bosh, na Holanda, única no mundo a trabalhar com
este tipo de embalagem. De lá, o barril leva em média 20 dias para chegar aos distribuidores no Brasil.

MOMENTO ESPECIAL

A Kaiser não revela valores do investimento nem projeção de volumes de venda. Stanisci afirma que o conceito da cerveja servida como chopp não foi desenvolvido pensando em consumo regular, mas sim em oferecer ao cliente uma experiência diferenciada em momentos especiais. “Esta é uma cerveja para momentos especiais, que reúnam amigos e família em casa”, acrescenta a diretora.

O produto será carro-chefe da meta da Heineken no Brasil: dobrar, até 2020, o consumo das 18 marcas hoje comercializadas no país. “Até 2020, queremos ampliar de  3% para 6% nossa participação no mercado brasileiro, que é um importante foco da companhia”, diz o chefe do escritório internacional de Relações Corporativas, Sean O’Neill. Segundo ele, não há no momento planos para ampliar o portfólio da Heineken no país. Presente em 179 países, a cervejaria comercializa mais de 250 marcas de bebidas.

EM NÚMEROS

R$ 34,77 é o preço médio sugerido pela Kaiser para o lançamento do Kaiser Barril. A cervejaria fará campanha de marketing para ensinar o consumidor a “tirar” o chopp de forma correta, aproveitando ao máximo as características do produto.

1.200 barris de PET por hora são fabricados na Den Bosh (Holanda). A linha de produção funciona 24 horas por dia, cinco dias por semana. Além da Kaiser, apenas as marcas Heineken e Amsel são comercializadas, hoje, nesse formato (e apenas no mercado
europeu).