Publicidade
Especiais
Especiais

Vôlei feminino brasileiro em busca do Bí-Olímpico

Campeão nos jogos de Pequim, seleção feminina enfrenta neste sábado (28) ás 17h, a Turquia 28/07/2012 às 13:45
Show 1
Equipe de vôlei feminino em busca do Bi-Olímpico
Adan Garantizado ---

Campeã nos Jogos de Pequim, em 2008, a seleção brasileira feminina de vôlei dará hoje, às 17h (de Manaus), suas primeiras “cortadas” rumo ao bicampeonato olímpico. As comandadas de José Roberto Guimarães (que pode se tornar tricampeão olímpico em Londres) enfrentam a equipe da Turquia, que é comandada por Marco Aurélio Motta (que já dirigiu o Brasil entre 2001 e 2003 e foi responsável por lançar jogadoras como Fabi e Paula Pequeno).

Além de conviver com a “pressão” do favoritismo de ser a última campeã, o Brasil vai tentar se reafirmar em Londres como a melhor seleção do planeta. A perda do Grand Prix em julho, para os Estados Unidos, colocou a equipe verde amarela em xeque. Zé Roberto também precisou enfrentar uma pequena crise, ao anunciar o corte de Mari do grupo. A ponteira que foi uma das principais jogadoras na campanha em Pequim, estava com o desempenho irregular no ano e teve alguns problemas com jogadoras da equipe, como Sheilla.

A seleção, que começa a caminhada rumo a mais um ouro olímpico hoje, mescla seis remanescentes da geração que foi à China, há quatro anos. Fabi, Fabiana, Sheilla, Thaísa, Jaqueline e Paula Pequeno permanecem. Seis novatas completam o time: Fernandinha, Adenízia, Tandara, Dani Lins, Fernanda Garay e Natália (esta última, confirmada nesta semana, após quase um ano se recuperando de lesão). “A pressão é enorme. No Brasil, a cobrança por resultados é grande. Não vai ter jogo fácil. Na minha cabeça, vai ser 3 a 2 todo dia”, disse Zé Roberto.