Publicidade
Carnaval
Especiais

Banda do Theo volta a ser realizada a céu aberto, no próximo dia 7, em Manaus

A banda, que foi realizada pela 1ª vez em 1994, e que leva o nome do organizador, Theo Alves, traz como tema desta temporada “A Festa na Minha Rua” 21/01/2016 às 11:21
Show 1
Theo Alves, criador da banda, também organiza o Bloco Galo de Manaus
Paulo André Nunes Manaus (AM)

No dia 7, Domingo Gordo de Carnaval, de 16h às 20h, acontece a Banda do Theo. Diferente dos anos anteriores, a festa sai de locais fechados, como casas de shows, e voltará a ser realizada a céu aberto, na rua, como nas primeiras edições. O local é a rua Ferreira Pena, entre Airão e Boulevard Álvaro Maia.

A banda, que foi realizada pela primeira vez em 1994, e que leva o nome do organizador, Theo Alves, traz como tema desta temporada “A Festa na Minha Rua”. O motivo é bem singular, explica o organizador: “O local é próximo do lugar onde eu cresci, perto do Bar do Cipriano, onde vivi a minha infância. Eu atravessava a rua pra comprar o meu guaraná com o seo Joaquim Cipriano. Vai ser muito legal se Deus quiser”. 

Uma das principais características do evento é a mistura de ritmos. Nesta edição, se apresentam as bandas Overload, Johnny Jack Mesclado, Vai Garotão, Bicho Papão e André Bahia, Pororoca Atômica e Frenesi, além de outras a confirmar.

A 22ª edição do evento gera ansiedade, comentou Theo Alves. Tudo começou em 31 de dezembro de 1994 no estacionamento do Bar Coração Blue, na avenida André Araújo, Aleixo, ao lado da Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz) e perto de um posto de gasolina. No início, eram 500 brincantes, todos fieis clientes daquele casa. Para o dia 7, a expectativa é receber um público de, aproximadamente, 10 mil pessoas.

“A banda tem essa história de começar na rua, e como outros eventos de Manaus, passou para outros locais fechados como Coração Blue, Academia de Tênis, na Avenida das Torres no Celeiro Country...  E, agora, após a realização em ambientes fechados, volta a origem na rua, numa festa de graça e aberta para o público, com bandas de rock, reggae, música eletrônica além do Carnaval. A Banda do Theo sempre foi essa coisa bem eclética”, destaca ele.