Publicidade
Carnaval
Especiais

Estreantes e experientes, elas contam as horas para desfiles em Manaus e no Rio de Janeiro

Érika Leão, Madrinha de Bateria da Reino Unido, que vai desfilar também na Beija-Flor do RJ, e Adessandra Freire, estreante na Vitória Régia, falaram sobre a 1ª experiência na avenida 26/01/2016 às 08:52
Show 1
Madrinha da Reino, Érika Leão vai estrear pela Beija-Flor do Rio
Paulo André Nunes Manaus, AM

Desfilar em uma escola de samba de Manaus, para um sambódromo lotado com mais de 100 mil espectadores, é um misto de frisson e alegria. Multiplique esse sentimento se for a sua primeira vez na passarela do samba pela sua respectiva agremiação carnavalesca. Aguenta coração que a emoção vai ser grande, principalmente para as belas destaques, que aguardam com muita expectativa pelo chegada do grande dia.

Será assim com a enfermeira Adessandra Freire de Araújo, 28, que fará neste ano a sua estreia em desfiles de escolas de samba se apresentando pela tradicional Vitória Régia, da Praça 14 de Janeiro.

Adessandra surgiu para o mundo do samba a partir do designer de moda Kaleb Aguiar, que é carnavalesco e a “descobriu”. “Conheci primeiro o Kaleb e depois as escolas de samba. E gostei muito da Vitória Régia. Amei a equipe toda, a diretoria...”, relembra ela.

Natural de Cruzeiro do Sul (AC), a beldade será uma das destaques do carro-abre alas da verde e rosa. Ela virá de fadinha, em alusão ao enredo da agremiação para esse ano, que é “A Terra do Nunca é Verde e Rosa”, que traz a história de Peter Pan, Sininho, Capitão Gancho e companhia.

“Eu venho como uma das fadinhas do carro alegórico, numa fantasia que será muito sexy”, limita-se a dizer Adessandra, guardando o segredo sobre a sua fantasia que só quem for para o Sambódromo, ou se ligar na transmissão da TV A Crítica, no dia 6, poderá conferir. 

“A fantasia que eu vou vai usar na avenida será confeccionada pelo artista Júlio César Gama. Terá muito brilho e muito glamour”, destaca a bela enfermeira, que está contando as horas para entrar na avenida.

“Lá é outro mundo. Quando eu ia nos últimos anos ao desfile só para aplaudir as escolas de samba eu já ficava nervosa e com o coração daquele jeito. Imagina quando eu estiver no carro, super cheio de gente linda. Será muita emoção. Ficarei emocionada nessa minha primeira vez”, completa Adessandra. Ela disse que desfilar por uma escola de samba será uma situação mais difícil do que atender pacientes em uma enfermaria: “Sem dúvida, porque todas querem fazer bonito. Tem que estar bonita”, disse ela, que é casada e mãe de Kauã Araújo, de 11 anos.

VOANDO PARA A BEIJA-FLOR

Se por um lado Adessandra Freire pisará na passarela do samba pela primeira vez, uma experiente beldade desfilará tanto no Sambódromo quanto na famosa Marquês de Sapucaí, no Rio de Janeiro.

Madrinha de bateria da Reino Unido da Liberdade, Érika Leão está expandindo seus horizontes carnavalescos nesta temporada rumo ao Rio de Janeiro, mais precisamente na Beija-Flor de Nilópolis, do Rio de Janeiro.

 “Trocamos umas idéias e quando ela voltou para o Rio conversou com ele, que entrou em contato comigo falando que eu precisava estar urgentemente no Rio de Janeiro que eu teria o meu posto para desfilar. Viajei no dia seguinte e fui apadrinhada por ele. O Laila, para quem não sabe, é um mago do Carnaval carioca, uma pessoa muito experiente, muitos anos à frente e que levou muitos títulos para a Beija Flor. Ele é uma espécie de ‘general: quando as pessoas entram na escola têm que rezar na cartilha dele. É muito rígido na forma de trabalhar.

Érika terá uma verdadeira “maratona carnavalesca” nos próximos dias. No próximo domingo, dia 31, ela embarca com destino ao Rio para participar do ensaio técnico da Beija-Flor, e volta dia 1º de fevereiro para outro evento pré-desfile desta vez pela Reino: do ensaio geral no Sambódromo, dia 2. O desfile pela escola de samba amazonense acontece no dia 6 e na madrugada do dia 7 ela segue rapidamente para a capital carioca desfilar na mesma data pela azul e branco de Nilópolis. 

Érika Leão está desde 2011 no mundo do samba, no que ela define como pouco tempo, mas com uma história intensa.

“Fazemos muitas ações sociais lá na Reino Unido. Criei projetos como ‘Rainha por um Dia’, estou à frente dos eventos de escolha de rainha de bateria e em todos os eventos que envolvem a nossa bateria eu estou dentro”, explica a madrinha.

Neste Carnaval a Beija-Flor traz para a avenida uma homenagem singular: ela homenageia justamente Marquês de Sapucaí, mineiro de Nova Lima que deu nome à rua e hoje à passarela do Samba onde foi construído o Sambódromo carioca.

Já a Reino Unido traz para o Carnaval de Manaus o enredo “Na Arte de se comunicar vem meu Reino encantar”, falando sobre a comunicação e citando inovações tecnológicas como até a rede social Whatsapp.

Funcionária pública, namorando e mãe de Rafael, de 11 anos, Érika Leão confessa que gostaria de ter nascido “menina do Morro” – ela mora  no bairro Parque Dez de Novembro. Parafraseando o famoso bordão criado pelo imortal intérprete Neguinho da Beija-Flor: “Olha a Érika Leão aí geeeente!”.

Receitas para manter a forma

Para aguentar tanto pique, a bela Madrinha de Bateria da verde e branco já faz um trabalho intenso nos ensaios. “A Reino faz um ensaio técnico todos os domingos que reúne cerca de 5 mil pessoas onde levamos a bateria e os outros segmentos da escola para o Morro. Então nós fazemos percursos de de dois quilômetros, sambando, e aquilo é um exercício físico para treinar a resistência realmente na avenida. Sambar de salto um trajeto de dois quilômetros não é fácil. Tem que estar preparada fisicamente. O resto é ter boa alimentação, beber bastante água, treinos em academias que são intensificados no pré-Carnaval... basicamente é isso antes de entrar na avenida”, conta Érika Leão.

Ela dá ate um conselho para quem gosta de se exercitar. “Uma hora ou 45 minutos de treino que você faça por dia já está de bom tamanho. Não adianta dizer que vai se matar por 3 horas em uma academia que o corpo não responde. Você vai só perder tempo. Tire 45 minutos ou 1 hora, faça um bom treino que já estará de bom tamanho”, ensina a madrinha.

Já Adessandra gosta de tomar chás de beringela ou gengibre com limão para eliminar as gorduras, além de malhar por 2 horas diariamente na academia, além de praticar corrida, andar de patins e dançar funk, dance e zumba.