Publicidade
Especial
Especiais

Ponto turístico de Parintins, no Amazonas, casa da madrinha do Garantido ficará fechada

Maria Ângela Faria, um dos ícones da velha-guarda do bumbá vermelho e branco, faleceu em fevereiro deste ano e desde então sua residência permanece fechada. Local atraía curiosos pela cultural popular local 26/06/2014 às 14:42
Show 1
Casa símbolo do Garantido não vai receber visitação de turistas neste Festival
Kelly Melo Parintins (AM)

Uma das paradas obrigatórias dos turistas que chegam a Parintins, esse ano, vai ficar fechada. Por conta do falecimento da eterna madrinha do Boi do Povão, dona Maria Ângela Albuquerque Faria, em fevereiro deste ano, a casa  deve ficar sem visitação por um tempo. Os filhos  da madrinha do Garantindo alegam que a decisão foi tomada porque ela (Maria Ângela) era a verdadeira atração. “As pessoas vinham pra cá por causa dela, da recepção que ela fazia. Além disso, as pessoas sempre gostaram de minha mãe porque o que ela tinha para falar, falava mesmo”, contou Zezinho Faria, ex-presidente do Bumbá.

Segundo ele, a casa conhecida por ser pintada com as cores e ter a marca do Garantido, já está fechada há um tempo, e até alguns móveis foram doados.  Sobre o futuro do local, que consta no roteiro de visitação da cidade, o filho comenta: “Vamos esperar passar um ano e depois disso vamos reunir  (os irmãos) e discutir sobre qual destino dar. Por enquanto, não temos nada em mente ainda”, explicou.

Zezinho Faria contou que a casa passou a ser muito visitada na década de 90, quando Maria Ângela foi surpreendida por turistas que batiam a sua porta para conhecer o espaço. “Ela ficou surpresa porque ninguém pediu autorização ou conversou com ela sobre essa intenção. Mas como ela já estava acostumada a receber muitas visitas, deixou passar”, contou ele.

Antes mesmo de ponto turístico, o local sempre teve uma relação muito próxima com o Garantido. As reuniões da diretoria, o QG das comadres e ensaios aconteciam com frequência na casa da madrinha. O fanatismo dela pelo Vermelho e Branco era tão grande que até lençóis ela chegou a doar para fazer as roupas do Bumbá. “Ela foi eleita como madrinha naturalmente pelo povo. As pessoas tomavam benção dela na rua tamanho o respeito que ela conquistou durante anos. Minha mãe está fazendo muito falta para o Garantido”, disse ele.

Maria Ângela  faleceu em fevereiro deste ano, em casa, devido a problemas de coração. Mas antes de partir, ela recebeu um dos maiores presentes de sua vida: no dia de seu aniversário de 91 anos, o apresentador Israel Paulain e a Batucada levaram o  Boi Garantido até ela, onde fizeram uma bela homenagem. Lá o mesmo Boi ficou e não saiu mais.