Publicidade
Carnaval
CARNAVAL

Profissionais contam tudo o que você precisa saber para curtir o Carnaval

Time de especialistas dá dicas sobre quais roupas usar, o que comer antes e depois dos blocos, como cuidar da saúde e, claro, como brincar em segurança 14/01/2018 às 05:00 - Atualizado em 16/01/2018 às 16:08
Show vida0813 001f
Foto: Divulgação
Juan Gabriel Manaus, AM

Ser louco por Carnaval não é o bastante. Saber marchinhas decoradas ou aquele “hit do verão” ainda não é o suficiente. Na hora de se considerar um bom folião é preciso levar em conta o bem-estar: o seu e o dos outros, é claro. Acertar na roupa pode render conforto e umas horas a mais nos blocos, por exemplo. Saber o que por no prato antes, durante e depois da festa também pode dar mais energia para curtir e até evitar a ressaca do dia seguinte. E saber como se comportar, quais atitudes evitar e como lidar com possíveis problemas contam pontos na hora de fazer um balanço do feriadão. Foi pensando nisso que reunimos um time de especialistas, entre médicos, nutricionistas e estilistas, para montar o “Guia do bom folião”, com dicas para fazer desse Carnaval nota dez.

Vestimenta

O primeiro passo na hora de se planejar pro Carnaval é acertar no guarda-roupa. A época é a mais privilegiada do ano para quem quer se livrar das mesmas vestes e aqui o que impera é a liberdade pra brincar.

“Para as meninas que vão para o Carnaval de rua, o ideal geralmente são shorts, sapatilhas e peças mais à vontade, já que pro Carnaval de rua existe esse apelo. Encarnar pequenos personagens usando só um acessório que remete a uma fada, anjo, uma cabeça de Carmem Miranda, algo assim”, diz o estilista amazonense Nil Lima, ressaltando que a grande tendência para o Carnaval deste ano serão as flores.  Já para os homens, a dica é apostar na simplicidade ou na combinação, caso a festa seja curtida em casal.

“Os meninos eu acho que seguem a brincadeira da bermuda, um tênis no pé, uma camisa mais à vontade, ficar solto mesmo. Tem também essa coisa do Carnaval de rua que é sair combinando com a namorada, ele de marinheiro e ela de sereia, por exemplo. Os meninos podem e devem se fantasiar e até explorar o glitter, que tem sido usado muito como se fosse um complemento”, explica o estilista.

Alimentação

Com a roupa escolhida, é hora de ir para a festa, certo? Não antes de uma boa refeição. Com o corpo bem abastecido de alimentos nutritivos, a certeza é que você terá pique e saúde para curtir o bloco do início ao fim. Segundo a nutricionista Rayla Silvestre, uma refeição com fontes de proteínas e carboidratos integrais é imprescindível tanto no café da manhã quanto no almoço. Além disso, ela chama a atenção para o grande curinga da folia: os sucos naturais.

“Durante a festa também podem ser consumidas frutas como melancia, banana, maçã, manga e melão, sanduíches de pão integral com frango desfiado, queijo minas frescal ou ricota, que são acessíveis e de fácil armazenamento. Os sucos, como os de abacaxi com hortelã, limão com gengibre e mel e até da própria melancia, eu costumo indicar por ajudar a  hidratar e a evitar a ressaca. E na volta para casa, pode acrescentar também os caldos, que são superválidos e leves”, diz a nutricionista.

Saúde

A exposição excessiva ao sol nessa época do ano é um fator que pode colocar seu Carnaval em risco. Por isso, é necessário estar atento também à saúde da pele. A dermatologista Livia Pino destaca algumas atitudes que podem te ajudar a curtir a folia sem se esquentar demais.

“Prevenir-se contra queimadura solar com filtro é fundamental porque a pessoa pode ficar com a pele vermelha, ardendo, o que vai dificultar curtir os outros dias. O lábio também precisa ser lembrado. A mucosa, parte mais molhada da boca, é mais sensível, por isso é importante o uso de filtro solar labial. O ideal é passar os filtros de 20 a 30 minutos antes da exposição solar e reaplicar o produto a cada duas horas”, diz a médica, que ainda destaca a escolha por filtros solar oil free ou em gel, com fator de proteção (FPS) 30.

Lívia alerta ainda para o cuidado com a maquiagem, inclusive quanto ao uso do glitter. “É preciso saber a procedência da maquiagem e dar preferência para o gliter da maquiagem e não o que se compra na papelaria, porque esse gliter da papelaria não está preparado para a pele, pois possui facetas que podem cortar. E depois da festa, retirar tudo com demaquilante”.

Segurança

Todo cuidado é pouco quando se trata de Carnaval, especialmente os blocos de rua. O delegado titular da Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (Derfd), Adriano Félix, destaca algumas atitudes fundamentais para curtir as festas sem maiores problemas.  

“Primeiramente, a pessoa que vai pular Carnaval deve ter cuidados como não andar com corrente de ouro e relógio. Quanto ao celular, o ideal é deixar em casa, mas se não for possível é importante que ele fique no bolso da frente assim como o dinheiro, que deve ser somente o necessário. Não se deve tirar o celular no meio das aglomerações e, se precisar atender, vá a algum lugar reservado como estabelecimentos. Em caso de brigas, afaste-se, e não aceite bebida de estranhos”, diz o delegado, que faz um alerta sobre a questão do assédio. “Muita gente se aproveita da pessoa embriagada e isso pode configurar estupro de vulnerável. Lembrando que estupro não é só o ato carnal, e sim qualquer ato libidinoso com o qual a vítima não compactue”.

Publicidade
Publicidade