Publicidade
Esportes
PASSEIO

3B não dá chances para a Nilton Lins e é campeão invicto do Peladão Feminino

Meninas do 3B fizeram valer a maior qualidade técnica e experiência no futebol profissional para bater a Nilton Lins e conquistar o título na Arena da Amazônia 28/01/2017 às 17:53 - Atualizado em 29/01/2017 às 18:42
Camila Leonel e Jéssica Santos Manaus (AM)

Sem dificuldades, o 3B venceu a Nilton Lins por 4a 0, gols de Mayara, Mari, Monalisa e Djeni. A vitória deu ao time da Aparecida o título de campeão do Peladão Feminino de forma invicta, e com a façanha de ter tomado apenas um gol em toda a competição.

O apito inicial mal tinha soado e as meninas do 3B já buscavam o gol sem dar folga para a Nilton Lins. Aos 53 segundos de jogo, Djeni roubou uma bola no meio do campo e saiu conduzindo para lançar Elisa, porém a zaga afastou . Aos três minutos, Djeni chutou da intermediária e a goleira espalmou. Outra que usava e abusava da habilidade era Mikaelly Brasil. A camisa 19 saiu conduzindo a bola driblando toda a defesa, mas na hora de concluir a bola passou ao lado do gol. 

Com tantas chances, não demorou muito para que o placar saísse do zero. Aos nove minutos, Mari lançou Mayara que bateu no canto esquerdo da goleira pra fazer 1 a 0. No minuto seguinte, foi a vez de Mari receber cruzamento e bater de primeira e ampliar o placar. O terceiro gol saiu aos 21 após Mari tocar para Monalisa ampliar e dar mais tranquilidade ainda ao 3B.

No segundo tempo o 3B persistiu no campo de ataque e a Nilton Lins, por sua vez, só se defendia. Mesmo na frente, Djeni chutou de fora da área para ver a bola explodir no travessão. Elisa tentou de bicicleta, mas a bola só voltou a encontrar a rede aos 22 minutos, após cobrança de falta de Djeni, que bateu com estilo para transformar a vitória em goleada.        

Festa em campo e nas arquibancadas, onde havia uma barulhenta e animada torcida para o time do 3B.       

Avaliações

Uma das principais estrelas do time, Micaelly, que é da seleção brasileira feminina sub-17 e vice-campeã brasileira sub-20 pelo Iranduba, festejou muito a conquista na Arena. "Acho que toda jogadora de futebol tem o sonho de jogar o Peladão, e ser campeã ainda por cima. Já tinha disputado o sub-20 ano passado e agora realizei mais esse sonho aqui na Arena", disse a craque, que fez a festa também da própria família. "Ela jogou muito bem, assim como o time todo, e agora a festa vai ser em família, vamos nos reunir e comemorar mais um título dela", disse o tio da jogadora, Marcos Fonseca.

O treinador do 3B também comemorou bastante a conquista da equipe. "Já trabalhei muito com o Peladão e Peladinho, e esse ano com o 3B, no feminino, em parceria com o Iranduba, e estou muito satisfeito, foi nota 10 mesmo! Não esperávamos jogar aqui na Arena na final, e com um publico enorme como não vemos nos campeonatos daqui, então, foi bom demais, a equipe está de parabéns ", disse o técnico João Bosco Bindá, do 3B.

"Apesar da derrota, estou feliz pelo resultado. Nós sabemos da nossa capacidade, do nosso potencial. Hoje jogamos com um time que vive de futebol, nós não, estudamos, trabalhamos, temos limitações, mas vamos continuar o trabalho para os próximos anos", disse a técnica da Nilton Lins, Lilian Rebelo.