Publicidade
Esportes
Craque

A incrível história de Fernando Todeschini

Após vencer câncer, trombose e perder 50 Kg, o empresário virou maratonista 26/10/2012 às 10:43
Show 1
Fernando Todeschini pesou 120 Kg e os médicos queriam amputar as pernas
Aline Cabral Manaus

Ele quase perdeu as pernas em 2006, quando teve um câncer seguido de trombose. A dificuldade era maior porque pesava 120kg e era totalmente sedentário. Fernando Todeschini, 38, natural de Santa Rosa (RS), hoje é atleta maratonista assíduo das competições no Amazonas e fora dele. 

Com uma história de superação, ele serve como exemplo para a população que não pratica atividade física. Ele conta que sua vida tomou um rumo diferente quando percebeu que poderia perder as pernas. “Tem coisas na vida que você só muda quando você toma um susto. Tive uma trombose profunda e só não perdi as pernas porque eu não deixei o médico amputá-las”.

No ano seguinte, Fernando estabeleceu uma meta: emagrecer com saúde.  A rotina de não fazer nada foi modificada e Todeschini, que mora próxima à Vila Olímpica, viu outros atletas caminhando. “Comecei a treinar com a intenção de emagrecer. Com o passar do tempo fui gostando do esporte. Conciliei as caminhadas, corridas e uma alimentação mais saudável. Tudo isso fez eu emagrecer 50 kg”.

As competições vieram depois de quase cinco anos treinando. “Comecei correndo apenas 5 km no final de 2011, este ano passei para 10 km. Acordo 4h da manhã e corro aproximadamente 40 Km”, afirmou.

De janeiro a outubro, Fernando já correu quase quatro mil quilômetros e hoje está preparado para mais um desafio: a maratona de quatro horas sem revezamento na Vila Olímpica, que acontecerá amanhã. Ele será o único a não revezar. “Viciei em maratona e essa é um desafio. Quando estou correndo passa um filme, pois não era para estar vivo e agora virei maratonista”.

Quatro horas de corrida na Vila
A Corrida de Revezamento Endurance será realizada amanhã, a partir das 16h, na Vila. São quatro horas de corrida, com oito atletas se revezando em intervalos de 30 minutos. “É uma competição de formato novo”, disse Erivelton Almeida, da Endurance Running Team, e responsável pela organização da corrida. Segundo Erivelton, serão 62 equipes com oito corredores cada, totalizando 480 atletas na disputa.