Publicidade
Esportes
Craque

Aderbal Lana: ‘Fui do céu para o inferno’

Após sair consagrado e ter feito verdadeira mágica no primeiro turno do Amazonense com o Princesa, Lana vem amargando duas derrotas consecutivas no início do returno com o Naça 16/04/2012 às 09:35
Show 1
Técnico do Nacional Aderbal Lana
Jornal A Crítica Manaus

A maré não anda muito boa para o mais novo técnico do Nacional, Aderbal Lana. Após sair consagrado e ter feito verdadeira mágica no primeiro turno do Amazonense com o Princesa, Lana vem amargando duas derrotas consecutivas no início do returno. A primeira foi contra o Operário por 1 a 0. No sábado perdeu para o Penarol, na casa do adversário, por 3 a 0. Sempre polêmico, o técnico não contou conversa ao definir sua mais nova temporada no Leão. “Fui do céu para o inferno”, afirmou. Lana diz que desconhecia a atual situação do clube.

 “Eu não sabia que o time estava tão desfalcado. Não tenho reservas. O Charles, o Leonardo e o Garanha estão lesionados e eu não tenho gente para colocar no lugar deles. No jogo de ontem (sábado) o Nacional fez um jogo bom, forte, mas o problema é que nossos jogadores são novinhos demais, com pouca experiência. Tem de ser bastante trabalhados”, comentou o técnico, citando os goleiros Jonathan e Dida para exemplificar.

Para o jogo de quarta, contra o Princesa, Lana é categórico quanto o encontro com o ex-time. “Quero mais que o Princesa caia. Tenho que olhar o meu lado e quero ganhar”, disse o técnico bocudo.