Publicidade
Esportes
Craque

Aderbal Lana: "O Bazinho precisa de tratamento e ele sabe que sempre pôde contar comigo"

Bazinho foi dispensando pelo São Raimundo mesmo tendo feito seis gols contra o Fast Clube em uma mesma partida. Técnico também dirigiu o jogador no Fast Clube 12/07/2012 às 16:13
Show 1
Aderbal Lana depois do jogo com o Operário
Carlos Eduardo Souza Manaus (AM)

“Eu não gosto nem de falar sobre isso. Estou muito triste porque se trata de um grande jogador. Quando vi a foto dele no jornal fiquei sem reação e não imaginava que ele pudesse chegar nessa situação”. Foi com essas palavras que o experiente técnico Aderbal Lana começou a entrevista sobre a prisão do atacante Bazinho.

Lana disse que o jogador é talentoso e obediente taticamente, mas que não conseguiu evitar que o jogador fosse para o lado das drogas. Segundo Lana, em um jogo com o Fast Clube em 2002, quando ambos estavam no São Raimundo, Bazinho fez seis gols de uma goleada se oito aplicada em cima do Tricolor.

“Ele fez seis gols e acabou ficando fora do jogo com o São Paulo pela Copa do Brasil. Ele sumiu e tivemos que dispensar”, disse.

Mas o treinador afirmou que se for preciso ele ajuda o atacante. Lana disse que em primeiro lugar está o ser humano e, nesse momento a maioria das pessoas vira as constas e não está preocupado com um problema que é social e também não é só de Bazinho.

“Eu espero que ele aceite um tratamento. Ele tem uma família e nesse momento ele precisa de ajuda”, afirmou o treinador.

Aderbal Lana trabalhou com Bazinho no Fast Clube e no São Raimundo. Nesta sexta-feira o Caderno CRAQUE do Jornal Acritica trará uma matéria especial com o atacante Bazinho, assinada pelo repórter Adan Garantizado e pelo fotógrafo Evandro Seixas. No Programa CRAQUE na TV deste sábado, a repórter Julia Magalhães entrevista com exclusividade o atacante Bazinho.