Publicidade
Esportes
Craque

Adriano anuncia que só volta a jogar em 2013 e não garante Flamengo

A decisão do jogador, antes mesmo do Flamengo, se deu após conversas ao longo do último fim de semana com familiares, amigos e seu empresário, Luís Cláudio de Menezes. Adriano pensou até em desistir de voltar ao Flamengo e parar de jogar futebol 05/11/2012 às 12:25
Show 1
Adriano pensou até em desistir de voltar ao Flamengo e parar de jogar futebol
acritica.com* Manaus (AM)

O imperador Adriano anunciou que só irá voltar a jogar futebol em 2013. A medida foi tomada após uma série de polêmicas e novas faltas no rubro-negro.

A decisão do jogador, antes mesmo do Flamengo, se deu após conversas ao longo do último fim de semana com familiares, amigos e seu empresário, Luís Cláudio de Menezes. Adriano pensou até em desistir de voltar ao Flamengo e parar de jogar futebol.

A notícia pegou a diretoria rubro-negra de surpresa. Membros da cúpula do clube estavam reunidos na sede da Gávea para definir o que seria feito após as polêmicas do fim da última semana. A presidente Patrícia Amorim e o diretor executivo Zinho estudam agora a melhor maneira de rescindir o contrato de Adriano.

O jogador divulgou comunicado, por meio da sua assessoria de imprensa, no qual informa que tomou a decisão após pensar com familiares e amigos. Ele disse que está focado em sua recuperação, mas não garante que irá atuar no Flamengo na próxima temporada.

"Pensei muito, conversei com amigos e minha família e cheguei a conclusão que a melhor coisa a ser feita é voltar em 2013. Tomei essa decisão não só por mim, mas também pensando no Flamengo. Estou quase recuperado, mas faltam pouquíssimas rodadas para o final do campeonato. O Clube tem que se concentrar nessa reta final e eu na minha volta com 100% da minha forma física e não apenas para saciar as expectativas. Continuarei treinando com ainda mais garra. Ainda não sei se será no RJ, mas posso afirmar que em 2013 estarei pronto para entrar nos campos. Agradeço sempre e muito aos que torcem por mim. Acreditem, essa decisão foi tomada pensando em todos. Fiquem com Deus e muito obrigado”, disse o atacante, por meio de nota.

A assessoria de Adriano informou que ele irá se pronunciar nesta terça-feira (6/11).

(*) Com informações do UOL.