Publicidade
Esportes
Craque

Alvo do mercado e da imprensa europeia, seleção tenta se blindar para a Olimpíada

Diariamente notícias sobre o futuro dos atletas brasileiros repercutem no Rio de Janeiro, onde o time nacional sub-23 se prepara para a Olimpíada de Londres  13/07/2012 às 10:00
Show 1
Neymar, Alexandre Pato e Lucas são três dos alvos da imprensa europeia na seleção brasileira
Uol/ Esporte ---

Com a temporada de negociações no futebol europeu a todo vapor, os jogadores da seleção de Mano Menezes viram alvos de especulações. Diariamente notícias sobre o futuro dos atletas brasileiros repercutem no Rio de Janeiro, onde o time nacional sub-23 se prepara para a Olimpíada de Londres - a estreia do Brasil acontece no dia 26 de julho, contra o Egito, em Cardiff.

É Thiago Silva no Paris Saint-Germain, Oscar e Hulk no Chelsea, Lucas na Inter de Milão, Neymar no Barcelona, Rafael no Milan... Como os clubes europeus estão de férias, a imprensa do Velho Mundo busca informações na seleção pentacampeão mundial.

Os jogadores tentam se proteger e mostrar que o foco está nos treinos para buscar a inédita medalha de ouro olímpica.

“Não tenho nada acertado com o Chelsea ou qualquer outro clube. Tenho mais quatro anos de contrato com o Porto. Não conversei com ninguém e estou focado na seleção”, afirmou o atacante Hulk.

“Minha temporada no Milan começará só depois da Olimpíada”, decretou Alexandre Pato ao ser questionado por um jornalista italiano sobre as possíveis saídas de Thiago Silva e Ibrahimovic. A dupla está na mira do PSG, que estaria disposto a desembolsar cerca de R$ 160 milhões. “Sei que o Thiago e o Ibrahimovic estão bem, são meus amigos e isso é o mais importante”, acrescentou.

O nome do próprio Pato é recorrente no mercado da bola. Ele também já foi citado no PSG. Além disso, o Corinthians sonhou contar com o atleta de 22 anos por empréstimo, porém a convocação para a seleção dificultou a negociação, pois ele ficou valorizado.

“Ao Corinthians eu só tenho que dar parabéns porque foi campeão da Libertadores. Fui ao estádio, acompanhei, porque era uma final de Libertadores. Meu contrato no Milan vai até 2014 e não sei o que vai acontecer”, comentou.

No Real Madrid desde o segundo semestre de 2006, Marcelo vira conselheiro para os mais jovens. 

“A conversa sai naturalmente. Estou há quase seis anos na Europa, aí alguém pergunta alguma coisa e a gente responde. É uma coisa normal”, revelou o camisa 6.

Tem ainda o mercado interno no Brasil, como o interesse do grupo de investidores DIS em colocar Paulo Henrique Ganso no Internacional. O meia de 22 anos ainda não falou sobre a negociação.