Publicidade
Esportes
Craque

Amazonense Adriano Martins conquista sua 2ª vitória no UFC

Adriano nocauteou o mexicano Juan Manuel Puig, em pouco mais de 2 minutos, no card preliminar do TUF 19 - Finale, realizado neste domingo (06), nos EUA 07/07/2014 às 10:03
Show 1
Adriano conquistou sua segunda vitória no maior evento de MMA do planeta ontem
Manaus Hoje ---

O lutador amazonense Adriano Martins precisou de apenas 2 minutos e 21 segundos para garantir sua segunda vitória em sua terceira participação no maior evento de MMA do planeta, o UFC. Adriano nocauteou o mexicano Juan Manuel Puig no card preliminar do TUF 19 - Finale, realizado neste domingo (06), em Las Vegas, no EUA.

O amazonense também ganhou moral no Ultimate, já que vinha de derrota para o norte-americano Donald Cerrone, em janeiro. Puig é um lutador da nova safra que estreava pela organização.

Os primeiros instantes foram intensos. Canhoto, Martins logo fez o adversário engolir dois jabs de direita e um direto de esquerda em contragolpe.

O mexicano não se intimidou e respondeu com chutes baixos e no corpo. O manauara marcou acertou um direto e quase conseguiu a queda, mas permitiu ao adversário se levantar. Puig acertou chutes baixos, mas, após levar um forte direto de esquerda, errou um deles e acertou em cheio a área genital do brasileiro, que desabou para trás. Martins, porém, conseguiu se recuperar e continuou o seu show.

Afoito, Puig se mandou para cima de qualquer forma, e acabou nocauteado por um cruzado de direita bem colocado no queixo, ainda no primeiro round. Ele comemorou com a bandeira do Amazonas no octógono. “O Puig sempre caminhava para frente. Trabalhamos em cima desse detalhe e deu tudo certo. Vim aqui para lutar entre os melhores e vou provar isso”, contou o peso-leve, que agora soma 25 vitórias e sete derrotas em seu cartel. Adriano tem contrato para mais três lutas no Ultimate, mas, se manter apresentações como a de ontem à noite, pode ganhar novos desafios no UFC.

Machida perde

O baiano Lyoto Machida (que é radicado em Belém-PA), não foi páreo para o campeão dos pesos-médios, o americano Chris Weidman, no sábado à noite, em Las Vegas. O brasileiro aguentou 5 rounds contra o americano, mas não conseguiu tomar o cinturão das mãos do carrasco de Anderson Silva.