Publicidade
Esportes
Craque

Anderson Silva já admite que pode rolar a superluta contra Jon Jones

O Ultimate ainda não tornou o confronto oficial, mas todos sabem que é a  luta que o chefão, Dana White quer promover a todo o custo 19/10/2012 às 10:48
Show 1
Anderson Silva é mais velho que Jon Jones
Paulo Ricardo Oliveira Manaus

Campeão dos médios (entre 77 84 quilos) do UFC, Anderson Silva já admite lutar contra o número um da categoria meio-pesado (de 84 até 93 quilos) Jon Jones num peso combinado “a pedido dos fãs”.

A mudança de discurso do Aranha acende uma luz de possibilidade dessa peleja histórica, embora ele próprio teria dito ser um “tiozão” para enfrentar Jones. O Ultimate ainda não tornou o confronto oficial, mas todos sabem que é a  luta que o chefão, Dana White quer promover a todo o custo. O careca declarou, inclusive, oferecer um “caminhão de dinheiro” a Jones e ao o Aranha para se digladiarem no octógono naquela que, se rolar, pode ser considerada a “luta do milênio”. 

“As pessoas estão falando tanto disso... Não tenho essa pretensão, não tem algo que me motive, justamente por terem outros atletas da minha equipe, como Minotouro, Maldonado, Feijão, Caldeirão, que são do peso dele”, disse o Aranha. “Meu peso é 84 quilos, meu título é esse. Mas as pessoas falam tanto disso, e a gente é funcionário do UFC. É claro, posso estar falando que não quero, mas e se ele vai lá e aceita a grana que o Dana vai dar para ele querer lutar? Vai ficar difícil”.

Anderson afirma que não é dinheiro que o motiva a lutar. “Luto porque gosto. Não gostaria. Mas se for acontecer, teria que ser no peso-combinado. Não valeria o cinturão dele. Eu já tenho o meu e não quero um título para deixar largado”.

 Jones já revelou também não ter interesse em lutar contra o brasileiro, mas, assim como o Aranha, observou que está a serviço do Ultimate.


Jon Jones é considerado a evolução da espécie no MMA

A Luta do Milênio
Caso o UFC realize a luta entre Anderson x Jones será um evento sem precedentes na organização. Trata-se de dois mais espetacular lutadores da sigla, cada um em sua categoria, de grande apelo de mídia. Tanto o Aranha quanto Jones estão entre os cinco que mais vendem pey-per-view.

 Em nível promocional, seria a luta do milênio, uma vez que a organização já vendeu o combate entre o próprio Anderson contra Vitor Belfort, vencido pelo primeiro, como a “luta do século”.

 Do ponto de vista comercial, o faturamento com o duelo seria estratosférico em todos os aspectos. Porém, há quem ainda duvide desse confronto. O CRAQUE entrou em contato com Jorge Guimarães, o Joinha, principal apresentador do Canal Combate e pioneiro na cobertura de MMA na TV Brasileira.

“Nada foi decidido. Creio até que Anderson vença, mas ele não tem essa ambição de estragar o sonho de ninguém.  É uma luta que não acontece”, pondera Joinha.