Publicidade
Esportes
Craque

Após derrota, técnico do Fast reconhece inferioridade na partida: 'Não nos encontramos'

Cavalo ressaltou ainda o fato de o Fast ter tomado dois gols de fora da área e disse que o time, quando iniciou a reação, tomou um gol logo em seguida 16/04/2015 às 11:11
Show 1
João Carlos Cavalo estreou com goleada mas amargou derrota na segunda partida à frente do clube
Felipe de Paula Manaus (AM)

Após a derrota para o Princesa por 2 a 1, na quarta-feira (15), na Colina, o técnico do Fast João Carlos Cavalo bem que tentou sair direto para o vestiário mas, antes disso, foi abordado por jornalistas, ansiosos por sua análise da partida e por sua versão do caso Rosembrick, que, supostamente punido por um atraso, não foi nem relacionado para a partida.

O treinador, no entanto, pouco comentou a situação do meia, se resumindo a dizer “não aconteceu nada”. Quanto ao jogo, foi honesto e reconheceu a superioridade do adversário. “Não nos encontramos durante a partida. “Quando reagimos, tomamos o gol logo em seguida”, disse o treinador.

Cavalo ressaltou ainda o fato de o Fast ter tomado dois gols de fora da área, embora o Princesa tenha tido várias chances de gol com a bola próxima ao goleiro Zé Carlos. Sereno, o técnico se  limitou a responder a declarar. “Faltou encaixar a marcação”, disse, antes de, por fim, tomar o desejável caminho do vestiário.